carregando...

A mobilização no Ceará

Arquivo 09/04/2010
Da esq. para a direita, os drs. Carlos Eugênio, Lício Campos, Nelcy Capilheira, Ana Cláudia, Milton Macedo, Regina Portela e Adriana Gurgel. 
Os pediatras do Ceará estão unidos em torno do movimento nacional de valorização da profissão, que no estado se intitula “A hora do pediatra é agora!”. Lançado no último dia 23, com a presença de mais de 70 colegas do estado e do dr. Milton Macedo, diretor de Defesa Profissional da SBP, a presidente da Sociedade Cearense de Pediatria (Socep), dra. Regina Portela Diniz informa: “no mesmo dia, pela manhã, nos reunimos com a direção da União Nacional das Instituições de Autogestão (Unidas), para discutir a proposta de implantação do “atendimento ambulatorial de puericultura” já na Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos (CBHPM), com valores diferenciados da consulta regular. A reunião foi muito boa. A reivindicação foi entendida como justa. Estavam presentes, pela Unidas, o superintendente, Carlos Eugênio Barroso, a vice-superintendente, Ana Cláudia Rêgo Mota, o diretor administrativo, Nelcy Capilheira Gomes e a gerente regional, Cristina Caetano; pela Saúde Caixa, estava a dra. Maria Francineide Rodrigues; e pela Socep, estava comigo o dr. Lício Campos, da Universidade Federal do Ceará. Pela SBP, além do dr. Milton Macedo, participou a dra. Adriana Gurgel, que assumirá a secretaria de Saúde Suplementar na nova gestão”.

Segundo a dra. Regina, os diretores da Unidas, que ainda não tinham conhecimento sobre o novo procedimento da CBHPM, pediram que a proposta fosse encaminhada por escrito, com os valores propostos – “e já fizemos isto”, acrescenta a presidente da Socep. Agora, aguardamos a resposta. A Unidas ficou de discutir o assunto internamente, no dia 13 de abril, com representantes de todas as Caixas que integram o grupo. Sendo favorável, “vamos acompanhar a implementação”, avisa a dra. Regina, animada com o movimento, que na assembleia de pediatras definiu também os valores propostos: “R$80,00 para consulta de rotina e R$112,00 para de puericultura, seguindo a CBHPM”, salienta. “Em breve também vamos nos reunir com o presidente da Unimed de Fortaleza”, adianta também, sobre o próximo passo. “É o momento de negociação e valorização da assistência a crianças e adolescentes”, ressalta.

Fórum de Defesa Profissional

Elogiando o trabalho da Socep, dr. Milton Macedo assinala que no próximo dia 30 de abril haverá um Fórum convocado pela SBP, que reunirá no Rio de Janeiro a diretoria da brasileira, os Núcleos envolvidos – como o VigilaSUS, o de Saúde Suplementar, o de Gestão de Consultório – e os presidentes das filiadas, para os quais já enviou correspondência: “é importante que tragam um relato da situação de seu estado, com as estratégias planejadas. Vamos traçar os próximos passos do movimento. O centenário da SBP precisa ser comemorado também com muita disposição de luta. De todos e de cada um”.