carregando...

Atualização científica e valorização profissional no Congresso Catarinense

Arquivo 24/09/2010
Drs. Eduardo Vaz, Marilza Leal e Gerson Coelho, presidente da Comissão Científica
Sob a presidência da dra. Marilza Leal Nascimento e com a participação de 430 profissionais, a Sociedade Catarinense de Pediatria (SCP) realizou seu XII Congresso, em Florianópolis, na última semana, promovendo atualização científica e defesa profissional. Na  abertura, dr. Eduardo Vaz discorreu sobre os esforços da SBP  para a valorização da pediatria, com a melhoria da formação e a ampliação da residência para três anos,  o debate sobre a doutrina, as ações por melhor remuneração e conclamou os colegas à luta pelos seus direitos.

Neonatologia, endocrinologia e metabolismo, desenvolvimento, distúrbios do sono, gastroenterologia, diagnóstico e tratamento ambulatorial das doenças respiratórias e adolescência foram alguns dos temas discutidos em mesas-redondas, conferências e simpósios satélites, além das sessões de pôsteres. O diretor de Defesa Profissional da SBP, dr. Milton Macedo (foto), também fez palestra, apresentando um  panorama da mobilização nacional da pediatria, desde 2009 até agora. “Há uma relação direta entre empenho e resultados obtidos”, disse, lembrando a conquista da remuneração diferenciada na puericultura, obtida junto à Unimed Grande Florianópolis no início do ano, e apostando no trabalho da SCP para a ampliação das vitórias.

Eleita durante o Congresso para a presidência da filiada, dra. Denise Bousfield da Silva, que também integra a atual diretoria, comemora o resultado do evento: “conseguimos congregar os colegas do estado e fortalecer a mobilização”.