carregando...

Avança a discussão entre a SBP e a ANS

Arquivo 25/05/2011

25/05/11- Consenso em relação ao Atendimento Ambulatorial de Puericultura e maior detalhamento sobre os procedimentos clínicos que vão gerar desospitalização. Este é o resultado da segunda reunião realizada entre a diretoria da SBP e equipe da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) hoje, no Rio de Janeiro. Os drs. Eduardo da Silva Vaz, presidente da Sociedade, e Milton Macedo, diretor de Defesa Profissional, foram recebidos pelas dras. Martha Regina de Oliveira, gerente-geral; Karla Coelho, gerente de Assistência à Saúde; e Bruna Delocco, especialista em regulação de saúde suplementar.

“Considero que houve avanço e estamos chegando a uma proposta bem interessante, que será levada aos outros atores do setor”, disse a dra. Martha. É que ainda em junho será realizada a reunião do Grupo Técnico que faz a revisão do Rol e, na sequência, a do colegiado de diretores da ANS, de maneira que a publicação ocorra em 01 de julho e a nova resolução vigore em 01 de janeiro de 2012.

“Estamos sentindo, por parte da equipe da Agência, uma recepção muito boa e empenho em debater as solicitações da pediatria”, comenta o dr. Eduardo. A opinião é partilhada pelo dr. Milton, que ressalta como “facilitadores” a “sensibilidade” e a “competência dos técnicos”. Nos próximos dias, a SBP vai redigir os detalhes acordados e enviar à ANS.

O Atendimento Ambulatorial de Puericultura já integra a Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos (CBHPM), com porte 3B, desde fevereiro do ano passado. A Classificação é o parâmetro de honorários médicos elaborado pela AMB, com as sociedades de especialidades.

O Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde é a referência de cobertura mínima obrigatória para os planos de saúde contratados pelos consumidores desde 02 de janeiro de 1999.

Da esq. para a dir., os drs. Eduardo, Martha, Karla, Bruna e Milton