carregando...

Código de Ética Médica atualizado entra em vigor

Arquivo 14/04/2010

Em cerimônia realizada ontem, na sede do Conselho Federal de Medicina (CFM), conselheiros federais e regionais de medicina, representantes de entidades médicas, deputados e outras autoridades, entre as quais o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, celebraram a entrada em vigor do novo Código de Ética Médica.

O presidente do CFM e coordenador da Comissão Nacional de Revisão do Código, Roberto Luiz d’Avila, afirmou que considera o reforço à autonomia do paciente a principal contribuição do novo documento. “Agora está aberto um maior espaço para o diálogo; o paciente terá uma voz mais ativa na relação com o profissional da medicina”, disse. “Esse documento é um contrato que os médicos firmam com o paciente, a sociedade, os colegas que trabalham em assistência em saúde e com a própria profissão”, completou.

Por sua vez, o ministro Temporão avaliou que este é um dia importante para a saúde brasileira. “Este Código está sintonizado com os novos tempos e ressalta que o ser humano deve ser o centro de nossas atenções”, disse. Ele afirmou que considera o Código um instrumento de vanguarda pelo fato de que nele se reconhece que a vida tem um fim natural, que o trabalho do médico vai além da cura e que o profissional da medicina deve ser um cuidador.

Homenagem - Na cerimônia, o ex-presidente do CFM, Edson de Oliveira Andrade, foi homenageado em razão do apoio dado à comissão responsável por coordenar a revisão do Código de Ética. Os trabalhos de revisão foram realizados durante sua gestão à frente do Conselho. Os membros da comissão revisora também foram homenageados. Saiba mais e conheça o novo Código…

Fonte: CFM