carregando...

Congresso no Paraná mostra força da pediatria

Arquivo 01/09/2010

Com a participação do dr. Eduardo Vaz e da dra. Darci Bonetto, presidente da Sociedade Paranaense de Pediatria, na abertura, o “Criança 2010 – III Congresso Internacional de Especialidades Pediátricas” terminou nesta terça-feira, em Curitiba, com cerca de três mil participantes, centenas de especialistas de diferentes estados e mais de 30 conferencistas do exterior. Promovido pelo Hospital Pequeno Príncipe, um dos maiores entre os exclusivamente pediátricos do País, foi um evento “muito expressivo, que reuniu diversas áreas de atuação da pediatria, em um trabalho relevante para a promoção da saúde infanto-juvenil”, salienta o presidente da SBP. “Colaboramos na organização da parte da adolescência”, informa dra. Darci, que tem grande tradição na área e falou sobre o alcoolismo na faixa etária. A presidente da filiada ressalta o tamanho e a importância da realização de um congresso que “valoriza a comunidade científica”.

Para o diretor clínico do Hospital Pequeno Príncipe, dr. Donizetti Giamberardino, o evento reforça um modelo de atenção: “a sociedade civil como um todo precisa entender que nós, pediatras, somos médicos generalistas, humanistas, e realizamos o atendimento à criança de forma integral”. Reforçando a necessidade de presença da medicina de crianças e adolescentes nas políticas públicas, assinala a importância de “valorização do médico que conversa, que instrui, que acompanha o crescimento e o desenvolvimento e está em constante diálogo” com a família. “É preciso uma firme inserção” da pediatria na Estratégia Saúde da Família, diz o dr. Donizetti – na foto acima com a  diretora executiva do Hospital Pequeno Príncipe, dra. Ety Cristina Forte Carneiro; o secretário de saúde do Estado do Paraná, dr. Carlos Moreira e o dr. Eduardo Vaz. O evento contou com cerca de 130 mesas-redondas e mais de 160 conferências, além de simpósios e apresentações de centenas de trabalhos científicos.