carregando...

Proteção à primeira infância

Arquivo 30/07/2013

O diretor da SBP, dr. Luiz Anderson Lopes, representou a entidade no lançamento do “São Paulo Pela Primeiríssima Infância”, no último dia 10, na capital. Trata-se de ampla rede de proteção às crianças de zero a três anos de idade, a ser proporcionada pelo governo do Estado. O programa é composto por um conjunto de ações que inclui um novo protocolo clínico, cursos de especialização em desenvolvimento infantil e outras ações, como o Caderno da Família, o Cartão da Criança e o Índice Paulista de Desenvolvimento da Primeira Infância. Será implantado por meio de parceiras com a sociedade civil e em convênio com a Fundação Maria Cecília Souto Vidigal, referência no trabalho e promoção do desenvolvimento da infância.

Estudos demonstram que o desenvolvimento humano é mais veloz nos primeiros três anos de vida e que experiências positivas tornam o cérebro capaz de realizar conexões e se desenvolver de modo saudável. O Caderno da Família informará pais, avós, babás, professores de creches e cuidadores sobre as diferentes fases de desenvolvimento da criança, para que possam consultar sobre os estímulos que devem oferecer e sobre os cuidados necessários para a criança, como consultas e imunização. O programa também desenvolverá o Índice Paulista de Desenvolvimento da Primeira Infância, com objetivo de trazer o diagnóstico da real situação da faixa etária no Estado. “De inicio serão incluídos cerca de 41 municípios paulistas neste programa de treinamento de profissionais, assistência, formação de familiares e suas crianças. O projeto inclui período de avaliação e ajustes”, informa dr. Luiz Anderson.