carregando...

“Que os deputados garantam essa conquista para o Brasil ”

Arquivo 28/03/2008

“Esperamos que até o meio do ano a Câmara dos Deputados garanta mais essa conquista para as crianças, as mulheres, as famílias brasileiras”, disse a senadora Patrícia Saboya, em referência à aprovação final do projeto de lei que amplia a licença-maternidade para seis meses, em caráter facultativo e em troca de incentivos fiscais. Autora do prefácio, a senadora esteve presente no lançamento do livro “Até Quando? Ensaios sobre dilemas da atualidade”, do dr. Dioclécio Campos Júnior, dia 26 de março, em Brasília – onde se reuniram muitos colegas, familiares e amigos do presidente da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP).

 

Aprovado no ano passado pelo Senado e este ano pela Comissão de “Trabalho, Administração e Serviço Público da Câmara”, o PL 2513/ 07 segue agora para a Comissão de “Seguridade Social e Família”. Será analisado também pelas Comissões de “Finanças e Tributação” e “Constituição e Justiça e de Cidadania” e, se não for modificado, não precisará ir a plenário. Sobre a sanção do Presidente Lula, a senadora comentou ter as melhores expectativas, “até pela história de vida do presidente”.

A proposta de ampliação da licença-maternidade “já é vitoriosa e talvez seja a maior conquista do meu mandato”, comentou também a senadora. É que inspirados na campanha “6 meses é melhor!”, mais de 80 municípios, 9 estados e várias empresas já estão adotando o benefício para as suas funcionárias. Além disso, “trouxemos para o debate um assunto cercado de preconceitos relacionados ao acesso da mulher ao mercado de trabalho, e alertamos a sociedade para a importância dos cuidados com a Primeira Infância”, assinalou.

 

“Por onde passo, recebo cumprimentos de mulheres e homens”, comentou a senadora Patrícia, comemorando também a tramitação do projeto que vai proporcionar a ampliação significativa da rede de creches e pré-escolas do País: “essa é outra oportunidade que estou tendo, criada também pelo dr. Dioclécio”, declarou, sobre o PL 698, que propõe o Programa Nacional de Educação Infantil para a Expansão da Rede Física (Pronei). Os dois projetos são fruto da parceria entre a SBP e a senadora e visam garantir proteção ao crescimento e ao desenvolvimento saudáveis das crianças.

“Até quando?”
Publicado pela Manole, o livro é uma coletânea de artigos, alguns já veiculados nos últimos anos pela imprensa brasileira. Tem oito capítulos, um deles dedicado inteiramente à infância e à adolescência. São textos que tratam do abandono (“Infâncias clandestinas”; “Crianças no lixo”, “Os Pigmeus do Boulevard”, “Caninos ou meninos de rua?”), da violência (“Pixote II”; “Meninas prostitutas ou prostituídas?”; “Triste fim dos Curumins”), de exploração (“Crianças operárias”) e de esperança (“Licença-maternidade: Seis meses é melhor!”). “Até quando?” já pode ser encontrado nas principais livrarias do País e nowww.manole.com.br.

Saiba mais sobre as campanhas