carregando...

SBP e FenaSaúde dão início a entendimento

Arquivo 30/03/2010

A SBP e a FenaSaúde começaram ontem, em reunião no escritório da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), no Rio de Janeiro, o entendimento que busca melhorar as condições para o exercício profissional e a qualidade da assistência infantil no setor. Com participação do dr. Maurício Ceschin, diretor de Desenvolvimento Setorial da Agência, e da dra. Luciana Silveira, diretora adjunta da ANS, os drs. Dioclécio Campos Jr., Dennis Burns e Carlindo Silva Filho, da diretoria e do Departamento de Defesa Profissional da Sociedade, juntamente com os drs. Maria Elizabeth Moreira (Sociedade de Pediatria do Rio de Janeiro/Soperj) e Sidnei Ferreira (Conselho Regional de Medicina/ Cremerj), apresentaram à diretora executiva da FenaSaúde, Solange Beatriz Palheiro e ao representante da Comissão Técnica da Federação, Sérgio Galvão, os conceitos que têm norteado o movimento nacional de defesa da pediatria. Receptivos, os representantes afirmaram que a Federação está aberta ao diálogo. “Levarei o documento proposto para nossa diretoria”, disse Solange, que ficou de agendar posteriormente um novo encontro com a Sociedade.

Agradecendo a presença de todos, o anfitrião, dr. Maurício Ceschin lembrou que é a primeira vez que a ANS está fazendo o papel de intermediar a negociação direta entre uma entidade de especialidade e as empresas. “A SBP inaugurou uma nova forma de conduzir a relação com as operadoras. É uma novidade para todos nós”, salientou, desejando sucesso em mais esta iniciativa. Em setembro de 2009, a direção da SBP levou as reivindicações da pediatria ao dr. Fausto Pereira dos Santos, presidente da ANS, e desde então, várias reuniões foram realizadas e o primeiro acordo nacional já ocorreu, em fevereiro, com a União Nacional das Instituições de Autogestão (Unidas).

A Federação Nacional de Saúde Suplementar (FenaSaúde) é a representante institucional das Seguradoras Especializadas em Saúde (Allianz Saúde, Bradesco Saúde, Brasilsaúde, Itaú-Unibanco, Marítima Saúde, Notre Dame, Porto Seguro Saúde, SulAmérica Saúde e Unimed Seguro Saúde) e de operadoras de outras modalidades, como das Medicinas de Grupo (Amil, Medial, Intermédica, Golden Cross, Excelsior e a Omint) e Odontologia de Grupo (Odontoprev e Interodonto). A FenaSaúde tem como associados, atualmente, 16 grupos empresariais, responsáveis por 17 milhões de beneficiários, que correspondem a 32% dos usuários de planos e seguros do País.