carregando...

SBP propõe à ANVISA modificar propaganda de Gelol na TV

Arquivo 04/02/2013

Uma campanha publicitária tem gerado indignação entre os pediatras. O comercial mostra uma criança pequena relacionada ao produto da marca Gelol. O medicamento, no entanto, não é indicado para menores de dois anos, por conter substâncias que nelas podem causar, por exemplo, problemas respiratórios, de pele, digestivos e até convulsões. A informação consta na própria bula. “É um medicamento que não gera benefício nenhum para a criança na faixa etária e, ao mesmo tempo, é perigoso”, comenta a dra. Renata Waksman, do Departamento Científico de Segurança da Criança e do Adolescente da Sociedade Brasileira de Pediatria. A SBP já enviou à Agencia Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) documento no qual solicita “avaliação e análise” da propaganda e “que seja descontinuada a sua veiculação na TV”. Clique aqui e leia o texto, na íntegra.