carregando...

Ser pediatra é... Mensagem do presidente pelo Dia do Pediatra

Arquivo 27/07/2007

Dia do Pediatra. 27 de Julho. Me​nsagem do presidente

Colegas,

Ser pediatra é amparar a vida na nascente, alegrar-se com o vigor do primeiro choro no concerto das notas gemidas e gritadas da sala de parto; festejar a plenitude da escala de Apgar; o suave solfejo das funções vitais que expelem, eliminam e secretam, os arcaicos reflexos de pequeninos seres que abraçam, prendem, rastejam, sugam e andam.

Ser pediatra é ensejar o encontro que gera colostro, jorra leite, brota estímulos, lança sinapses, estrutura cérebro, funda afeto, aprofunda ternura, desenha sorrisos, revela singularidades.

Ser pediatra é equilibrar o peso do indivíduo na complexa medida do organismo em expansão, regular estaturas que se elevam caprichosamente, sem cessar.

Ser pediatra é compartir ansiedades recônditas de materno valor, responsabilidades participativas de paterno significado, vibrações coletivas de sentimentos parentes, o brilho da alegria perfeita, o prazer da expectativa atendida, ou a amargura da tristeza misturada com a dor da frustração.

Ser pediatra é promover saúde, prevenir doença, evitar acidente, afastar intoxicação, identificar desvios, corrigir rotas, apurar cuidados, afinar harmonia de comportamentos, abrir janelas potenciais de cada vida que cresce em suas mãos médicas, de cada mente que se desenvolve sob seu olhar sensível e perceptivo.

Ser pediatra é proteger a infância como sucessão cambiante de marcos que preparam caminhos e a adolescência como afirmação de conquistas que precedem maturidade.

Ser pediatra é apaixonar-se pela ética, amar o direito, desarmar a violência, repudiar a injustiça, indignar-se com as desigualdades, arrostar a hipocrisia militante do adulto que negligencia crianças e criminaliza menores.

Ser pediatra é conhecer o traço humano no monumento da anatomia infantil, no segredo molecular da genética que fontaliza predisposições, na dinâmica substancial da bioquímica que reage e metaboliza, na exuberância da fisiologia que emana energias e ilumina o espetáculo da existência.

Nesta data, há 97 anos, nascemos entidade, crescemos associativos, reforçamos união.

Celebremos, com o merecido entusiasmo, a grandeza profisisonal do que somos e a riqueza social do que fazemos.

Grande abraço,

Dioclécio Campos Júnior
Presidente da SBP.