carregando...

SMP lança campanha para transporte seguro de recém-nascido em risco na Jornada de Amamentação

Arquivo 02/09/2013

Raquel Pitchon, presidente da SMP: “Temos apenas 508 leitos de UTI Neonatal em Minas”.

O aleitamento materno é apontado como um dos principais fatores para o crescimento e desenvolvimento saudáveis de crianças recém-nascidas. O tema foi um dos assuntos discutidos na IX Jornada Mineira de Atualização em Amamentação, dias 23 e 24 de agosto, em Belo Horizonte. Realizado pela Sociedade Mineira de Pediatria (SMP), o evento reuniu mais de 160 profissionais de saúde, entre pediatras, nutricionistas, enfermeiros e técnicos de enfermagem, da capital e de 19 municípios do interior. Bastante concorrido, foi aberto pela pediatra Maria Cândida Bouzada Ferrarez, que enfatizou o caráter multiprofissional da Jornada, cujo número de médicos participantes tem aumentado consideravelmente. “Neste ano tivemos 42 inscrições de pediatras, um importante passo para continuarmos trabalhando os temas relacionados à amamentação, não nos esquecendo que o assunto é também ciência baseada em evidências”.

Na oportunidade, a presidente da SMP, Raquel Pitchon, lançou a campanha “Transporte neonatal seguro: para garantir uma vida”. O objetivo é que os dirigentes do sistema de saúde público e privado promovam, com urgência, a capacitação de 100 % de suas equipes médicas e de enfermagem, para que possam realizar o transporte de recém-nascidos de risco de forma adequada. “Para se ter uma ideia da situação, segundo a Secretaria de Estado de Saúde, Minas, Minas conta com apenas 191 leitos de UTI pediátrico e 508 leitos de UTI neonatal, sendo que a maior parte está concentrada na capital. Em função disso, necessitamos de sensibilizar, mobilizar e capacitar a comunidade e todos que prestam assistência direta e indireta ao recém-nascido, para que mais vidas sejam salvas”, salientou a presidente. A campanha conta com o apoio da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP).

Homenagem – A SMP entregou uma placa à representante do Banco de Leite Humano da Maternidade Odete Valadares, Maria Hercília de Castro Barbosa, em reconhecimento pelo esforço e desempenho do BLH na defesa, promoção e apoio à amamentação em Minas.

Da esq. para a dir., drs. Roberto Chaves, Luciano Santiago e Maria Cândida Ferrarez

Manual de Aleitamento Materno – Organizador do Manual de Aleitamento Materno (SBP e editora Manole), presidente do Departamento Científico da área da entidade nacional e integrante do Comitê da filiada, Luciano Borges Santiago lançou a publicação durante a Jornada. O livro tem 10 capítulos, 312 páginas e pode ser adquirido por R$53,10 pelo site da editora, clicando aqui.

Assessoria de Comunicação da SBP com Assessoria de Comunicação da SMP