carregando...

WMA condena a forma como o Governo do Brasil está importando médicos

Arquivo 09/09/2013

A Associação Médica Mundial (WMA, a sigla em inglês) publicou, em seu portal, texto com “sérias preocupações” em relação ao programa “Mais Médicos” do Governo do Brasil. Referindo-se, entre outras questões, às notícias veiculadas sobre a demissão de brasileiros substituídos por cubanos e ao não cumprimento da legislação em vigor para a avaliação de competência em medicina e de conhecimentos linguísticos, para o presidente do Conselho da instituição, Mukesh Haikerwal, deve haver um debate profundo com a Associação Médica Brasileira, para que, de fato, as condições de saúde do País possam melhorar.

Leia aqui o texto original, na íntegra.