carregando...

Reumatologia

Membros

SHEILA KNUPP FEITOSA DE OLIVEIRA (presidente)
(ver currículo lattes)
RJ
CLAUDIA SAAD MAGALHÃES (secretário)
(ver currículo lattes)
SP 
LUCIANA BRANDÃO PAIM MARQUES CE
ANA LUIZA GARCIA CUNHA MG
MARGARIDA DE FÁTIMA F. CARVALHO
(ver currículo lattes)
PR
CYNTHIA TORRES FRANÇA DA SILVA RJ
ANTONIO SERGIO MACEDO FONSECA RN
CLÓVIS ARTUR ALMEIDA DA SILVA
(ver currículo lattes)
SP

Conteúdos gerais

Dores nos membros (Iloíte Scheibel, abril 2016)

Novos critérios para diagnóstico de Febre Reumática (Andréa Valentim Goldenzon, 17/02/2015)

Meu filho tem artrite. Um guia para as famílias (Acredite, 2015)

A história de Mila: convivendo com o lúpus (Maria de Lourdes Leite Guimarães – Belém, 2014 – 12p.)

Meu filho tem artrite idiopática juvenil. Ele pode praticar esportes?
Teresa C.M.V. Robazzi

Meu filho tem sempre Amigdalite. Ele vai ter Febre Reumática?
Erica Naomi Naka

O que é Febre Reumática?
Erica Naomi Naka

Púrpura de Henoch-Schönlein
Clovis Artur Almeida da Silva

Quando uma criança deve ser encaminhada ao Reumatologista Pediatra?

Serviços de Reumatologia Pediátrica

Vacinação contra varicela: prioridade em algumas crianças com reumatismo

Histórico

Embora o surgimento da Reumatologia Pediátrica como especialidade seja recente, cerca de 50 anos, muitos conhecimentos têm sido adquiridos ao longo destes anos, com possibilidades crescentes de podermos oferecer às nossas crianças e adolescentes diagnósticos mais rápidos e mais acurados, bem como opções terapêuticas mais eficazes e menos tóxicas, diminuindo-se em muito a morbi-mortalidade associada às doenças reumáticas, permitindo assim uma melhor sobrevida, tanto em quantidade como de qualidade, sempre levando em conta seu processo de crescimento e desenvolvimento, bem como sua inserção na família, escola e meio social. Muitos destes conhecimentos advêm de estudos nos campos da imunologia, patologia, farmacologia,  bem como do entendimento de que todos, em nosso caso, crianças e adolescentes, devam ser tratados sob um ponto de vista integrado, com a participação de uma equipe multi e interdisciplinar, realmente atuante.

O Departamento de Reumatologia da Sociedade Brasileira de Pediatria foi criado em 1984 e, desde então, tem atuado em prol da divulgação da especialidade. Tem como objetivos primordiais, como definido na ata da 1a reunião do Departamento pela Profa. Dra Maria Helena Kiss, primeira presidente do mesmo, difundir conhecimentos sobre a especialidade, despertar interesse para formação de novos especialistas e criação de serviços, além de fomentar estudos multicêntricos. Muito já vem sendo realizado para solidificar estes objetivos e muito ainda teremos que fazer, sempre. Esta gestão espera continuar e aprimorar o trabalho das anteriores, agora com um pouco mais de facilidade, por conta dos grandes avanços na área de informática, o que, certamente, vai dinamizar a interação com os membros da SBP.
Esperamos que o conteúdo deste site seja útil e aguardamos críticas e sugestões para aperfeiçoamento.

Queremos contar com a sua colaboração, caro colega pediatra, por meio de sugestões e da divulgação entre os seus colegas, usufruindo desta possibilidade de contato e interação, que certamente será muito proveitosa.

Doenças mais freqüentes

A especialidade Reumatologia Pediátrica compreende uma grande diversidade de doenças que acometem crianças e adolescentes. As mais freqüentemente encontradas são:

1) Febre reumática

2) Artrite idiopática juvenil

3) Doenças difusas do tecido conjuntivo

  • Lúpus Eritematoso Sistêmico
  • Lúpus neonatal
  • Lúpus induzido por drogas
  • Dermatomiosite Juvenil l
  • Esclerodermia localizada
  • Esclerodermia sistêmica
  • Síndrome do anticorpo antifosfolipídeo
  • Síndrome de Sjögren

4) Vasculites

  • Púrpura de Henoch Schönlein
  • Doença de Kawasaki
  • Poliarterite nodosa
  • Arterite de Takayasu
  • Poliangiite microscópica
  • Granulomatose de Wegener
  • Angiite primária do sistema nervoso central

5) Artrites infecciosas e pós-infecciosas

  • Artrite reativa
  • Artrite viral
  • Artrite séptica

6) Outras infecções músculo-esqueléticas

  • Osteomielite
  • Discite
  • Tuberculose
  • Piomiosite
  • Miosite viral

7) Sinovite transitória de quadril

8) Hipermobilidade articular

9) Síndromes de amplificação da dor

  • Fibromialgia
  • Dor de crescimento
  • Distrofia simpático-reflexa

10) Doenças auto-inflamatórias

  • Febre familiar do Mediterrâneo
  • Síndrome CINCA
  • TRAPS
  • Síndrome de Hiper-IgD

11) Dores nos membros de outras etiologias

  • Ortopédicas
  • Hematológicas
  • Neoplásicas
  • Metabólicas
  • Tumorais
  • Genéticas

Inscreva-se no Departamento

Faça o download da ficha de inscrição pelo link abaixo e a envie preenchida junto com seu currículo resumido para o e-mail: cientifico@sbp.com.br

Ficha de inscrição

Regulamento

Conheça o Regulamento dos Departamentos Científicos.

 


Para entrar em contato com este departamento use o formulário da página Fale conosco.