Como devo proceder para retirar manualmente o leite do meu peito?

Departamento Científico de Aleitamento Materno 

  • Então, vamos começar falando das necessidades desta prática de extração manual do leite materno. Em geral, o leite é retirado para reduzir o ingurgitamento e o desconforto devido ao excesso. Assim, o leite pode ser guardado e oferecido posteriormente à criança. Além disso, ajuda a adequar a produção do leite com o esvaziamento da mama e o excedente pode ser doado a um banco de leite humano. A extração manual pode ser uma alternativa mais confortável do que as bombas para os seios. A retirada do leite pode ser feita em qualquer lugar, desde que seja limpo, calmo, sem a presença de animais e atenda às recomendações de higiene. Não precisa de instrumentos ou dispositivos especiais. 

  • Veja a seguir como proceder para retirar e guardar o leite de forma segura.

    • Escolha o local adequado.
    • Tenha à disposição um recipiente limpo para recolher o leite (veja a seguir como higienizar esse recipiente).
    • Prenda e cubra os cabelos com uma touca ou lenço.
    • Evite conversar durante a retirada do leite ou utilize uma máscara ou fralda cobrindo o nariz e a boca.
    • Lave as mãos e antebraços com água e sabão e seque com uma toalha limpa.
    • Massageie as mamas com as polpas dos dedos   começando na aréola (parte escura da mama) e, de forma circular, abrangendo toda mama.
    • Primeiro coloque os dedos polegar e indicador no local onde começa a aréola.
    • Firme os dedos e empurre para trás em direção ao corpo.
    • Comprima suavemente um dedo contra o outro, repetindo esse movimento várias vezes até o leite começar a sair.
    • Despreze os primeiros jatos ou gotas e inicie a coleta no frasco.
    • Se você estiver com dificuldade de retirar seu leite, procure apoio no banco de leite humano mais próximo de você. 


    • Reserve um frasco de vidro, com tampa plástica rosqueada e limpo.
    • A limpeza do frasco é primordial: primeiro lave bem o frasco com um detergente neutro e enxague. Depois, coloque o frasco em uma panela com água para ferver, totalmente submerso; após a fervura, deixe-o na água fervendo por mais 15 minutos. Após esse tempo, retire o frasco da panela e coloque-o sobre um pano limpo, com a boca para baixo. Espere a água toda escorrer. Não enxugue o frasco.
    • Coloque o leite coletado no frasco. Você pode colocar leite retirado em um frasco já contendo leite congelado, desde que dentro do prazo de validade.
    •  Identifique o frasco com seu nome, data e horário da retirada do primeiro leite a ser colocado no frasco.
    • Mantenha o frasco sobre refrigeração imediatamente após a coleta.
    • No freezer a durabilidade é de 15 dias na temperatura de -3ºC.
    • No refrigerador, o frasco não deve permanecer na porta da geladeira e a validade é de 12 horas, na temperatura de 5ºC.

     


    Se você seguir esses passos, pode ficar tranquila. O leite retirado poderá ser oferecido ao seu filho ou filha ou poderá ser doado. Lembramos que quem doa leite humano, doa vida!

  • Você deve oferecer os dois seios em cada mamada. O bebê é quem decide se mama os dois ou não. Por isso, é bom que a mãe comece cada mamada pelo peito em que o bebê mamou por último na mamada anterior. Assim ele tem a oportunidade de esvaziar bem as duas mamas, o que é importante para a mãe produzir mais leite. A mãe deve deixar o bebê mamar até que fique satisfeito, esperando que ele esvazie uma mama para então oferecer a outra, se ele quiser.


    O leite do início da mamada tem mais água e mata a sede; e o do fim da mamada tem mais gordura e por isso mata a fome do bebê e faz com que ele ganhe mais peso. No início da mamada o bebê suga com mais força porque está com mais fome e assim esvazia melhor a primeira mama oferecida.

  • O tempo de permanência na mama em cada mamada não deve ser fixado, haja vista que o tempo necessário para esvaziar uma mama varia para cada dupla mãe/bebê e, numa mesma dupla, pode variar dependendo da fome da criança, do intervalo transcorrido desde a última mamada e do volume de leite armazenado na mama, entre outros.

    Em geral, um bebê em aleitamento materno exclusivo mama de oito a 12 vezes ao dia. Esse é um comportamento normal, não é um sinal de fome do bebê, de leite fraco ou de pouco leite.

Nossos Endereços

SBP-Sede • R. Santa Clara, 292 - Rio de Janeiro (RJ) - CEP: 22041-012 • 21 2548-1999 

FSBP • Alameda Jaú, 1742 – sala 51 - São Paulo (SP) - CEP: 01420-002 • 11 3068-8595 / 8618 / 8901 / 8675 • Fax: 3081-6892 

SBP-RS • R. Carlos Gomes, 328/305 - Porto Alegre (RS) - CEP: 90480-000 • 51 3328-9270 / 9520 

Memorial • Rua Cosme Velho, 381 - Cosme Velho (RJ) - CEP: 22241-125 • 21 2245-3110