carregando...

Presidente da SOPEPE lançará livro sobre Pediatria Ambulatorial do IMIP durante Congresso Pernambucano

Filiadas 07/10/2016

livro-IMG-20160930-WA0001

O presidente da Sociedade de Pediatria de Pernambuco (SOPEPE), dr. Eduardo Jorge da Fonseca Lima, lançará o livro “Pediatria Ambulatorial do IMIP”, em conjunto com os outros organizadores drs. Márcio Fernando Tavares de Souza e Rita Coelho Moraes de Brito, no dia 27 de outubro, às 10h, durante o IV Congresso Pernambucano de Pediatria, que acontece entre os dias 27 e 29 de outubro, em Recife.

Publicado pela editora Medbook, o livro está em sua segunda edição e é dividido em três seções, com 105 capítulos e 720 páginas. “Surgiu um novo livro de Pediatria Ambulatorial do IMIP, que pretende atender às necessidades atuais do exercício da pediatria do século XXI”, diz o dr. Eduardo Jorge. Para ele, o ambulatório é um espaço privilegiado de aprendizagem em vários níveis de formação da graduação, internato e residência. “É principalmente no ambulatório que o futuro pediatra vai construir o seu modo de ser médico”, afirma.

De acordo com o dr. Eduardo Jorge, os serviços ambulatoriais passaram a ser a alternativa mais adequada para a realização de grande parte dos cuidados requeridos pelos pacientes. “O atendimento ambulatorial tem se expandido em todo o mundo, superando as internações sempre onerosas e sofridas para a família. Portanto, a importância de um livro de cuidados ambulatoriais ultrapassa seus limites e conceitos. Toda a literatura internacional reforça a tendência de substituição das internações pelo atendimento ambulatorial e a inserção cada vez maior desses serviços nas comunidades”, observa o especialista.

SOBRE O LIVRO – Na primeira seção, o leitor encontrará discussões sobre os aspectos gerais do atendimento ambulatorial, com destaque para a organização de um serviço ambulatorial, aspectos epidemiológicos e as particularidades da semiologia pediátrica. A segunda seção faz um resgate da puericultura como a área mais nobre da pediatria, voltada para a promoção da saúde da criança que viverá 100 anos. Já a última seção é dedicada às doenças rotineiramente atendidas em um ambulatório, sem perder o foco no pediatra generalista.

Segundo o dr. Eduardo Jorge, as doenças crônicas, que requerem uma abordagem integral e multidisciplinar, também receberam destaque nessa segunda edição. “Temas frequentes no atendimento pediátrico atual, como as dificuldades escolares, o Transtorno do Espectro Autista (TDAH), o acompanhamento da criança com Síndrome de Down e o atendimento à criança vítima de violência tiveram atenção especial”, comenta.

O autor também frisa que esse “é o primeiro livro de pediatria publicado em 2016 que traz os calendários vacinais atualizados do Programa Nacional de Imunização (PNI) e da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP)”.