COORDENAÇÃO
Olga Penalva Vieira da Silva

[SOPERJ]   [COMITÊ DE FOLLOW-UP]   [EDITORIAL]   [INTRODUÇÃO]


Voltar Página Inicial



Voltar ao Topo

SOCIEDADE DE PEDIATRIA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
BIÊNIO 95/95


PRESIDENTE
Ricardo do Rêgo Barros

VICE-PRESIDENTE
Arnaldo Pineschi Azeredo Coutinho

SECRETARIA-GERAL
Olga Maria Bastos Gomes

1o SECRETÁRIO
Eduardo da Silva Vaz

2o SECRETÁRIO
Selma Dantas Teixeira Sabrá

1o TESOUREIRO
Blanca Helena Rios Bica

2o TESOUREIRO
Nicole Oliveira Mota

DIRETORA CIENTÍFICA
Silvia Reis dos Santos

DIRETOR DE PUBLICAÇÕES
Clemax do Couto Sant'Anna

DIRETOR DE DEFESA DOS DIREITOS DA CRIANÇA
Lauro Monteiro Filho

DEPARTAMENTO REGIONAL
Carlos Alberto Bherng
Carmem Lúcia de Sá Silva
José Valente Ferreira
Henrique José C. Laia Franco
Tereza Cristina Leite

CONSELHO DE SINDICÂNCIA
Reinaldo de Menezes Martins
Hélcio Villaça Simões
Arnaldo Prata Barbosa

CONSELHO FISCAL
Izabel Mendes
Milton Genes
Roberto Aires

Voltar ao Topo

COMITÊ DE FOLLOW-UP DO RECÉM-NASCIDO DE ALTO-RISCO
(1992-1994)


PRESIDENTE:
Olga Penalva Vieira da Silva

SECRETARIA:
Alzira Helena Lobo Cabral

MEMBROS EFETIVOS:
Alice Y. S. Hassano
Betty Moszcowicz
Márcia C. Belloti de Oliveira
Maria Amélia C. Sayeg Campos Porto
Ricardo Nunes Moreira da Silva

MEMBROS CONSULTORES:
Claudia Carelli (fonoaudiologa)
Denise Streit Morsh (psicóloga)
Lívia Borgneth (fisiatra)
Maria Tereza Baldessar Golineleo (fisioterapeuta)
Vitoria Steinberg (terapeuta ocupacional)

AUTORES CONVIDADOS:
Ana Maria Zenicola
Leila Regina O. P. Nunes
Maria Coeli de Barros Pinto
Maria Cristina do Rego Monteiro de Abreu
Maria Lúcia N. Menezes
Sansão Isaac Kac

REVISÃO:
Olga Penalva Vieira da Silva
Alzira Helena Lobo



ALICE Y. S. HASSANO
Pediatra; Prof. Assistente do Departamento de Pediatria da Faculdade de Medicina da UFRJ, Mestrado em Pediatria, Membro do Comitê de Follow-up do RN de Risco da SOPERJ no período de 88-94.

ALZIRA HELENA LOBO CABRAL
Neonatologista; membro do programa de "Follow-up" do RN de Risco do Serviço de Terapia Intensiva Neonatal do Hospital Central do Iaserj (87-93), Diretora Medica da Neo-Unidas Terapia Intensiva Neonatal; Secretaria do Comitê de Follow-up do RN de Risco da SOPERJ (92-94), Membro deste comitê no período de 88-94.

ANA MARIA ZENICOLA
Pedagoga; Psicopedagogia Clinica, Pós-Graduação em Educação Especial, Vice-presidente da Seção RJ da ABPP, psicopedagoga da Climfir.

BETTY MOSZKOWICZ
Pediatra; Secretaria do Comitê de Follow-up do RN de Risco da SOPERJ (90-92), membro deste comitê no período de 88-94, Chefe do Serviço do Berçário e Coordenadora do Ambulatório de Follow-up do RN de Alto-Risco da Maternidade Praça XV (1990-1993).

CLAUDIA CARELLI
Fonoaudiologa; Especializada no tratamento de bebes e criancas pelo conceito neuroevolutivo Bobath Infantil e Baby Care; Instrutora desse método (Bobath); fonoaudiologa clinica do Hospital Central do Iaserj e do Centro Multidisciplinar de Estudo, Analise e Reabilitacao - CEMEAR/RJ; Membro do Comitê de Follow-up do RN de Risco da SOPERJ no período de 88-94.

DENISE STREIT MORSCH
Psicóloga Clinica e do Desenvolvimento; Psicóloga do Ambulatório de Seguimento do Departamento de Neonatologia do IFF - FIOCRUZ; Membro do Comitê de Follow-up do RN de Risco da SOPERJ no período de 88-94.

LEILA REGINA D'OLIVEIRA PAULA NUNES
Psicóloga; PhD em Educação Especial pela Vanderbilt University; Prof. adjunta da UERJ e da UFRJ; Pesquisadora do CNPq.

LIVIA BORGNETH
Medica Fisiatra; Chefe da Equipe Técnica do Serviço de Medicina Física e Reabilitacao do HcIaserj; Medica Responsável pela CLIMFIR - Clinica de Medicina Física e Reabilitacao; Membro do Comitê de Follow-up do RN de Risco da SOPERJ no período de 88-94.

MÁRCIA CORTES BELLOTI DE OLIVEIRA
Pediatra, Neonatologista; Responsável pelo SINACRIS (Serviço de Intervenção e Acompanhamento da Criança de Risco) do IMMFM.; Pós-Graduação em Psicopedagogia diferencial - PUC/RJ; Membro do Comitê de Follow-up do RN de Risco no Biênio 92-94.

MARIA AMÉLIA SAYEG PORTO
Pediatra; Prof. Assistente do Departamento de Pediatria da Faculdade de Medicina da UFRJ, Mestrado em Pediatria; pediatra do Ambulatório de Seguimento do RN de Risco da UMI-HSE; Membro do Comitê de Follow-up do RN de Risco no período 88-94.

MARIA COELI DE BARROS PINTO
Psiquiatra e Psicanalista, Mestrado em Psiquiatria pela UFRJ, Membro da sociedade Brasileira de Psicanálise do Rio de Janeiro, Coordenadora do Grupo de Estudos e Representante da ABREP-RJ (Associação Brasileira para o Estudo do Psiquismo Pré e Perinatal).

MARIA CRISTINA DO REGO MONTEIRO DE ABREU
Psiquiatra Infanto-Juvenil, a serviço do HUPE-UERJ; Medica e Terapeuta do Centre Alfred Binet(88-89), Centre de Santé Mentale Infantile du 13o arrondissement (88-89); Auditeur Livre du Cintre de Formation et Recherches Psychanalytiques - Paris, no período 87-89.

MARIA LÚCIA N. MENEZES
Fonoaudiologa; Cursos na New York University: "Speech Pathology Diagnosis and Therapy", "Language Aquisition and Development", "Language Disorders in Children"; Coordenadora do Ambulatório de Fonoaudiologia do Serviço de Neurologia do IFF - FIOCRUZ.

MARIA TEREZA BALDESSAR GOLINELEO
Fisioterapeuta; especializada na avaliação e tratamento de criancas e adultos com disfunção motora pelo conceito neuroevolutivo Bobath; Instrutora deste método no Brasil e Exterior; Fisioterapeuta responsável pelo Centro Multidisciplinar de Estudo, Analise e Reabilitacao - CEMEAR/RJ; Membro do Comitê de Follow-up do RN de Risco no Biênio 92-94.

OLGA PENALVA VIEIRA DA SILVA
Pediatra; Presidente do Comitê de Follow-up do RN de Risco da SOPERJ (92-94); membro deste comitê no período de 88-94; pediatra do programa de "Follow-up" do RN de Risco do Serviço de Terapia Intensiva Neonatal do Hospital Central do Iaserj (87-93), e atualmente do SINACRIS (Serviço de Intervenção e Acompanhamento da Criança de Risco) do IMMFM.

RICARDO NUNES MOREIRA DA SILVA
Pediatra; Membro do Comitê de Follow-up do RN de Risco no período de 88-92, Responsável pelo P.A.I. (Programa de Acompanhamento e Intervenção em RN de Risco) do CETRIN; pediatra do SINACRIS (Serviço de Intervenção e Acompanhamento da Criança de Risco) do IMMFM.

SANSÃO ISAAC KAC
Oftalmologista; médico do Serviço de Oftalmologia do Hospital Servidores do Estado e do Hospital Miguel Couto; Diretor Medico da Clinica Rosai (RJ).

VITORIA STEINBERG
Terapeuta Ocupacional; Coordenadora do Ambulatório para Avaliação de Bebes de Alto-Risco e do Setor de Tratamento Precoce do IBRM (78 a 86); Participação do Projeto Brasil-Franca de Pesquisa sobre a Morbidade Neurológica do RN a Termo (Mat. Escola / 1989-1990); Estagio no Hospital Port-Royal e Baudelocque com a Prof. Amiel-Tison (Paris-1990); Organizadora e Terapeuta Ocupacional do setor de Follow-up na Mat. Escola - UFRJ (1989-1990); Terapeuta ocupacional do setor de Follow-up da Mat. Praça XV (1991-1994); Membro do Comitê de Follow-up do RN de Risco no Biênio 92-94.



Voltar ao Topo

EDITORIAL


A SOPERJ lançou, em 1990, o Manual do Recém-Nato de Risco, uma iniciativa vitoriosa do então Presidente, Dr. Sérgio Augusto Cabral. Esse trabalho desenvolvido pelo nosso Comitê de Follow-up foi muito bem recebido e essa primeira edição se esgotou rapidamente. Recebemos várias solicitações de associados do Estado e do Brasil que não puderam ser atendidas e na gestão da Dra. Isabel Mendes foi lançado um desafio ao Comitê, presidido pela Dra. Olga Penalva, no sentido de revisar e atualizar o referido Manual.

Batizado como Novo Manual de Follow-up do RN de Alto Risco, todos os artigos foram rescritos, tendo havido também a inclusão de novos tópicos, isso se justifica em função da enorme evolução ocorrida na área de Acompanhamento do Desenvolvimento Global dos Recém-Natos e crianças. A inter e multidisciplinaridade dos autores demonstra a importância do trabalho em equipe, fato que é consenso hoje em dia, em todas as áreas da Pediatria.

Nossos agradecimentos aos componentes do Comitê de Follow-up, biênio 92-93, pela grande contribuição prestada em seus artigos e à Nestlé, que mais uma vez se prontificou a editar o Novo Manual, que será enviado pela SOPERJ aos seus associados e aos Serviços Especializados do Estado do Rio de Janeiro.

Uma das metas da atual gestão é o resgate científico do Rio de Janeiro e esse Manual comprova a força da Pediatria no Estado. Esperamos com isso estar cumprindo nossa missão principal: ajudar a todos Pediatras do Estado, independente de localização geográfica a se manterem atualizados.


Dr. Ricardo do Rêgo Barros
Presidente da SOPERJ
Sociedade de Pediatria do Estado do Rio de Janeiro


Voltar ao Topo

INTRODUÇÃO


Há muitos anos trabalhamos com o acompanhamento de RNs considerados de risco para problemas no desenvolvimento, basicamente por terem sobrevivido aos eventos que os levaram a um parto traumático ou prematuro e serem egressos de UTI-Neonatal. A grande questão é: qual a qualidade de vida destas crianças? O que estamos lhes oferecendo ao garantir uma sobrevida, muitas vezes complicada por tantas intercorrências clínicas e iatrogenias? Muito foi investido técnica-científica e financeiramente nestes bebês, o que só será validado se também tiverem direito a um Acompanhamento do seu Desenvolvimento Global e Tratamento especializado quando necessário.

Inicialmente a nossa grande preocupação era não só de acumular conhecimentos múltiplos para o desempenho desta tarefa como também obter reconhecimento dos profissionais envolvidos nessas áreas: Neurologia, Fisiatria, Reabilitação e principalmente o próprio Pediatra. Trabalho que levamos adiante como Membro e Presidente do Comitê de Follow-up do RN de Risco da SOPERJ.

Atualmente acrescemos nossas preocupações ao dirigir esforços para desfazer a impressão de que "Follow-up se restringe apenas a um ambulatório de prematuros" e também proporcionar ao Pediatra Clínico uma visão mais abrangente do seu paciente e da sua responsabilidade no diagnóstico e intervenção precoces nos distúrbios do desenvolvimento. Para tanto oferecemos este manual, que representa uma extensão da primeira versão (Manual do RN de Risco - SOPERJ, Nestlé, 1988), onde vários profissionais se dispuseram a dividir conosco suas experiências e conhecimentos, contribuindo ara o nosso contínuo aprimoramento.

Olga Penalva



Voltar Página Inicial