Campanha 'Nascimento Seguro' ressalta a importância do pediatra na hora do parto

Em todo o mundo, 2,6 milhões de bebês morrem anualmente antes do primeiro mês de vida. Um milhão morre já no primeiro dia de existência. Outros 2,6 milhões são natimortos. Os dados são do Fundo das Nações Unidas para a Infância (em inglês: United Nations Children’s Fund – Unicef).

De acordo com essas estatísticas, cerca de 80% dessas mortes poderiam ter sido evitadas com cuidados básicos, como a oferta de profissionais treinados e o acesso a insumos como água limpa e desinfetantes, além de práticas saudáveis, como amamentação dentro da primeira hora, contato de pele com pele - entre mãe e bebê - e boa nutrição.

Portanto, a SBP (Sociedade Brasileira de Pediatria) visa dar um basta a essa situação e como primeira contribuição, apresenta aos pediatras e à população a campanha Nascimento Seguro, pela qual chama a atenção de todos para as etapas que devem ser cumpridas para reduzir a chance de complicações que colocam em risco mães e recém-nascidos.

Na avaliação da Sociedade, é clara a importância do pediatra, o qual deve estar sempre presente em todos os nascimentos e também em consultas antes do parto. Trata-se do único especialista preparado e habilitado para cuidar de modo adequado dos recém-nascidos das crianças e dos adolescentes.

Assim, em todos os nascimentos deve estar o pediatra, como parte da equipe multiprofissional indispensável para que o recém-nascido seja atendido de modo seguro, seja ele normal ou com problemas de qualquer natureza, sobretudo os prematuros. Desse modo, determina-se uma nova postura de todos, cobrando dos tomadores de decisão os insumos mínimos para que a vida seja efetivamente celebrada no momento da chegada de um novo ser.

Fonte: Sociedade Brasileira de Pediatria - SBP


Nossos Endereços



Endereço: Av. Portugal N˚ 1052, Setor Marista, 74150-030

Telefone: (62) 3251-5175

E-mail: contato@sociedadegoianadepediatria.com.br