Associe-se

A valorização profissional em Minas Gerais

Os pediatras mineiros que atendem usuários da saúde suplementar têm assembleia marcada para 14 de setembro, na Associação Médica de Minas Gerais, em Belo Horizonte. Na pauta, o andamento das negociações com as operadoras, seguradoras e cooperativas da área. Em julho, assembleia (foto) coordenada pela Sociedade Mineira de Pediatria (SMP) e pelo Sindicato dos Médicos de Minas Gerais (Sinmed/MG) deliberou a pauta de reivindicações que inclui consulta a R$80,00 e criação do Atendimento Ambulatorial de Puericultura (AAP).

Na última quarta-feira, o presidente da SMP, dr. Paulo Poggiali e o secretário-geral da entidade, dr. Fernando Luiz de Mendonça, se reuniram (foto) com a diretoria regional da Associação Brasileira de Medicina de Grupo (Abramge-MG) e representantes da Golden Cross, Good Life, Planseg de Sete Lagoas, Saúde Sistema, Vitae e Samp, quando foi decidida a formação de uma Câmara Técnica para discutir, em 23 de agosto, os pleitos apresentados pelos pediatras. Gilmar Martins Soares, presidente da regional da Abramge, se comprometeu a levar o assunto às 48 empresas associadas.

Sobre o Bradesco Seguros, o dr. Paulo Poggiali informa que foram feitos contatos recentes com a direção, mas oferecido apenas aumento em pronto-atendimento para os serviços da região metropolitana de Belo Horizonte. “O Bradesco Saúde passou a pagar R$ 65,00 em consulta em PA na capital. O valor é inferior ao que queremos”, diz. “A SMP tem se preocupado muito com os pediatras que atendem em consultório, visando melhorar suas condições de trabalho”, acrescenta.

“A filiada se organizou e a tolerância está se esgotando”, salienta o dr. Milton Macedo, diretor de Defesa Profissional da SBP. “É preciso dar um basta às operadoras que não oferecem remuneração respeitosa, justa e ética”, afirma. Afinal, depois de “mais de dois anos do início do movimento nacional de defesa da pediatria, a não abertura ao diálogo desrespeita o ECA e a pediatria, e contraria até mesmo as orientações da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

Veja abaixo as propostas aprovadas pela assembleia de julho e encaminhadas às operadoras de saúde de Minas Gerais:

1. Valor da Consulta Pediátrica de R$ 80,00;
2. Pagamento das consultas e procedimentos hospitalares, usando como referência a Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos (CBHPM – 5ª Edição – 2011);
3. Criação do Atendimento Ambulatorial de Puericultura (AAP) para o acompanhamento da criança e do adolescente;
4. Adoção do Tratamento Clínico Ambulatorial em Pediatria ( TCAP)
5. Fim das Glosas definidas como “consulta de retorno”.
6. Remuneração de consulta feita pelo pediatra com a gestante no últimio trimestre do pré-natal.

Assessoria de Comunicação da SBP com assessoria de comunicação da Sociedade Mineira de Pediatria (SMP).

Nossos Endereços

SBP-Sede • R. Santa Clara, 292 - Rio de Janeiro (RJ) - CEP: 22041-012 • 21 2548-1999 

FSBP • Alameda Jaú, 1742 – sala 51 - São Paulo (SP) - CEP: 01420-002 • 11 3068-8595 / 8618 / 8901 / 8675 • Fax: 3081-6892 

SBP-RS • R. Carlos Gomes, 328/305 - Porto Alegre (RS) - CEP: 90480-000 • 51 3328-9270 / 9520 

Memorial • Rua Cosme Velho, 381 - Cosme Velho (RJ) - CEP: 22241-125 • 21 2245-3110