Associe-se

Ampliação da Residência em Pediatria para três anos tem aval da SBP, que se preocupa com a forma de execução da proposta

canstockphoto4418455A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) concorda com a decisão tomada nesta quarta-feira (25) pela Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM), que aprovou proposta para que estes programas de Pediatria passem a ter três anos de duração até o ano de 2019. No entanto, preocupa-se com a forma de execução das propostas, como a  adaptação dos conteúdos às particularidades de cada região do Brasil; o número e a garantia de financiamento das bolsas para os residentes; e a quantidade e a capacitação dos preceptores, inclusive nas áreas mais especializadas requeridas no programa de três anos. 

Em 24 de julho de 2013, a Comissão Nacional da Residência Médica (CNRM) aprovou os três anos em Pediatria, quando se iniciou um projeto piloto em alguns Serviços. No entanto, ainda não foram analisados os resultados alcançados. Atualmente existem 266 programas de Residência Médica em Pediatria no País. Deste total, há 16 que já contam com residentes que cursam o terceiro ano. Além da Pediatria, considerada uma das quatro grandes áreas da Medicina, também já foram aprovadas Residências de três anos para Ginecologia-Obstetrícia e Cirurgia. Está em estudos fazer a mesma mudança no currículo de Clinica Médica.  

Preocupada em elaborar um diagnóstico criterioso das questões relacionadas ao ensino médico na pós-graduação, a SBP está empenhada em fazer um levantamento minucioso dos programas de Residência Médica em Pediatria no País. Contudo, a entidade tem encontrado dificuldades neste projeto. O tema tem sido motivo de debates em todas as suas reuniões de Conselho e de diretoria. Uma reunião com um grupo de preceptores de todas as regiões brasileiras já está agendada para avançar neste trabalho. A data prevista para o encontro é dia 5 de novembro. 

Na oportunidade, várias sugestões deverão ser analisadas e aprofundadas na perspectiva de construir uma Residência Médica em Pediatria ancorada em critérios de qualidade e com suporte adequado dos Serviços.  “A SBP tem entre seus pilares básicos: a educação continuada dos pediatras, a valorização e a formação adequada destes profissionais, o aperfeiçoamento da assistência das crianças e adolescentes e a transparência na sua administração”, pontuou a presidente da Sociedade, dra Luciana Rodrigues Silva. Além disso serão necessários esforços conjuntos de muitas entidades para asseguramos a qualidade nesta expansão da Residência em Pediatria, tais como os Ministérios da Saúde e da Educação, o Conselho Federal de Medicina (CFM), a Associação Médica Brasileira (AMB), e os gestores estaduais e municipais para darem suporte aos Serviços e Preceptores. 

Historicamente, como ressaltou a presidente, a formação dos novos pediatras tem sido analisada, na perspectiva de aperfeiçoar a formação dos jovens especialistas, desde a gestão de Lincoln Freire na SBP. Esta avaliação já dura cerca de 15 anos, sendo que, ao longo do período, muitos professores e residentes de Pediatria têm contribuído com os debates, verificando diferentes aspectos relacionados ao impacto na passagem do tempo de formação de dois para três anos.

 

Nossos Endereços

SBP-Sede • R. Santa Clara, 292 - Rio de Janeiro (RJ) - CEP: 22041-012 • 21 2548-1999 • Fax: 21 2547-3567 

FSBP • Alameda Jaú, 1742 – sala 51 - São Paulo (SP) - CEP: 01420-002 • 11 3068-8595 / 8618 / 8901 / 8675 • Fax: 3081-6892 

SBP-RS • R. Carlos Gomes, 328/305 - Porto Alegre (RS) - CEP: 90480-000 • 51 3328-9270 / 9520 

Memorial • Rua Cosme Velho, 381 - Cosme Velho (RJ) - CEP: 22241-125 • 21 2245-3110