Associe-se

Evento do Comitê Gestor da Internet no Brasil discute uso de mídias digitais por crianças e adolescentes

A integrante do Departamento Científico (DC) de Adolescência da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), dra. Evelyn Eisenstein, representou a entidade no 3º Workshop Impactos da Exposição de Crianças e Adolescentes na Internet, promovido pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), em São Paulo (SP). O evento, realizado na última semana, teve como objetivo discutir a promoção da educação, privacidade e do bem-estar da população infantojuvenil no mundo digital, e contou com a participação de pais, educadores, além de representantes de empresas do setor e de instituições civis.

Na oportunidade, a especialista da SBP integrou o painel “Dependência da tecnologia e bem-estar: as experiências possíveis entre o uso criativo e o uso abusivo”, em que abordou aspectos relacionados à utilização inadequada das mídias eletrônicas e sua consequência para a saúde física e mental.

“A nova Classificação Internacional de Doenças (CID 11) já inclui a dependência em jogos eletrônicos como uma doença. De modo geral, o uso excessivo de vídeo-games e das mídias pode resultar em diferentes tipos de agravos à saúde. Transtornos de sono, comportamento irritadiço, isolamento social e até mesmo tentativas de suicídio podem ser desencadeadas quando não há controle sobre aquilo que crianças e adolescentes acessam”, enfatizou a dra. Evelyn.

De acordo com a pediatra, os pais e responsáveis devem exercer uma mediação ativa e constante em relação ao conteúdo que seus filhos consomem. “O advento das novas tecnologias é um processo irreversível. Muito mais do que impedir o contato com o mundo digital, é necessário estar atento ao que os filhos compartilham nas redes sociais, quais sites acessam e com quem eles conversam. A mediação parental é a chave da proteção contra os perigos disseminados através da internet”, enfatizou.

PAPEL DO PEDIATRA – Na visão da dra. Evelyn Eisenstein, os pediatras desempenham um papel central na prevenção de possíveis efeitos negativos relacionados às mídias digitais. “A tecnologia moderna transformou profundamente a interação das crianças com o mundo. É fundamental que hoje o pediatra aborde esse tema no consultório, nas escolas e nos veículos de comunicação. Precisamos trabalhar a prevenção, de forma universal, para evitar a disseminação de práticas abusivas, como cyberbullying, os chamados ‘desafios perigosos’, entre outros”, afirmou.

Na ocasião, o Manual de Saúde de Crianças e Adolescentes na Era Digital, elaborado pelo DC de Adolescência da SBP, foi distribuído para as cerca de 300 pessoas que acompanharam as palestras. As discussões foram transmitidas, ao vivo, através do canal oficial do Núcleo de Informação e Coordenação (NIC.br) no YouTube. Para acessar o vídeo e conferir os debates, CLIQUE AQUI.


Eventos
Nossos Endereços

SBP-Sede • R. Santa Clara, 292 - Rio de Janeiro (RJ) - CEP: 22041-012 • 21 2548-1999 

FSBP • Alameda Jaú, 1742 – sala 51 - São Paulo (SP) - CEP: 01420-002 • 11 3068-8595 / 8618 / 8901 / 8675 • Fax: 3081-6892 

SBP-RS • R. Carlos Gomes, 328/305 - Porto Alegre (RS) - CEP: 90480-000 • 51 3328-9270 / 9520 

Memorial • Rua Cosme Velho, 381 - Cosme Velho (RJ) - CEP: 22241-125 • 21 2245-3110