Associe-se

Mortalidade infantil no Brasil

 

Dados divulgados e entrevista com Eduardo Vaz, presidente da Sociedade Brasileira de Pediatria.

Repórter: O que mais contribuiu pra redução da mortalidade infantil no Brasil?
Dr. Eduardo Vaz: Acho que foram as condições sanitárias da população. Isso foi uma questão importante. (…) A própria Sociedade Brasileira de Pediatria vem contribuindo para isso. (…) Nós temos um programa chamado Programa de Reanimação Neonatal,  que completa no ano que vem 20 anos; esse programa já treinou mais de 55 mil profissionais de saúde para atender o recém-nascido na sala de parto. É onde a mortalidade infantil é mais alta (…)
Nós precisamos estar atentos, porque para um país com a economia que o Brasil tem, sexta economia do mundo, é uma mortalidade ainda muito alta. Os países desenvolvidos têm mortalidade que varia de um a três por mil. Nós estamos com 13 por mil. Isso significa que só no ano passado 39 mil crianças morreram antes de completar um ano de idade. É um índice com o qual a gente ainda não pode se sentir confortável”…


Nossos Endereços

SBP-Sede • R. Santa Clara, 292 - Rio de Janeiro (RJ) - CEP: 22041-012 • 21 2548-1999 • Fax: 21 2547-3567 

FSBP • Alameda Jaú, 1742 – sala 51 - São Paulo (SP) - CEP: 01420-002 • 11 3068-8595 / 8618 / 8901 / 8675 • Fax: 3081-6892 

SBP-RS • R. Carlos Gomes, 328/305 - Porto Alegre (RS) - CEP: 90480-000 • 51 3328-9270 / 9520 

Memorial • Rua Cosme Velho, 381 - Cosme Velho (RJ) - CEP: 22241-125 • 21 2245-3110