Associe-se

Produção de conhecimento de alta qualidade técnica foi destaque em 2017, avalia coordenador dos Departamentos Científicos da SBP

A produção contínua de conteúdo científico visando a atualização dos associados é uma das principais metas empreendidas pela atual gestão da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP). Para executar a tarefa, os membros dos Departamentos Científicos (DCs) da entidade vêm empenhando esforço na construção de consensos, guias e diretrizes que promovem a qualificação dos pediatras e auxiliam a melhora da condição da assistência a crianças e adolescentes no País. Em entrevista ao SBP Notícias, o coordenador dos DCs da SBP, dr. Dirceu Solé, faz um breve retrospecto do trabalho realizado em 2017 e revela algumas das metas estipuladas para o novo ano. Além disso, o pediatra destaca a importância do movimento de aproximação entre a Sociedade e outras entidades de especialidades, principalmente no desenvolvimento de documentos técnicos.

CONFIRA ABAIXO A ÍNTEGRA DA ENTREVISTA

SBP Notícias - Como avalia o trabalho realizado pelos Departamentos Científicos em 2017?

Dr. Dirceu Solé – De maneira geral, cada um dos DCs esteve empenhado com alto grau de comprometimento e colaboração, sempre respondendo de forma ágil às demandas de produção científica solicitadas pela diretoria da SBP. É preciso destacar também a importante participação dos Departamentos, cada um em sua respectiva área de atuação, na construção da programação científica dos diferentes congressos promovidos pela entidade. Além disso, todos participaram de maneira efetiva na organização do 38º Congresso Brasileiro de Pediatria, realizado em Fortaleza (CE). Sem dúvidas, esse empenho foi um dos fatores determinantes para garantir a qualidade e sucesso do evento que aconteceu em outubro de 2017.

SBP Notícias - Quais foram os grandes destaques dentre todos os documentos produzidos?

Dr. Dirceu Solé – Cada DC sugeriu temas que seriam de maior relevância para a prática pediátrica em sua área de atuação. Desse modo, todos foram muito relevantes. São inúmeros os documentos que merecem destaque. Parte significativa deles embasou as campanhas da SBP, como o texto sobre: tabagismo e álcool na adolescência; caderneta de saúde; bullying; atualização do calendário vacinal; vacina da febre amarela; atividade física; anafilaxia; entre tantos outros. Não posso deixar de destacar os consensos – sobre rinite alérgica, criança traqueostomizada, infecção pelo VSR – e os Guias de Atualização, realizados em conjunto com outras sociedades médicas.

SBP Notícias - Percebe-se uma maior interação entre a SBP e outras sociedades de especialidades. Qual a importância desse movimento para as especialidades?

Dr. Dirceu Solé – Essa maior integração tem permitido a elaboração de material científico de excelência, capaz de proporcionar ao pediatra atualização efetiva em relação aos temas abordados. Entre eles, podemos destacar os seguintes documentos: Consenso de rinite, em parceria com a Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico Facial (ABORL-CCF) e a Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI); Abordagem da criança traqueostomizada, elaborado também em conjunto com a ABORL-CCF; Guia prático de atualização em dermatite atópica (I e II), em colaboração com a ASBAI; Vacina rotavírus: segurança e alergia alimentar, com ASBAI e Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm); Vacina da febre amarela, com ASBAI e SBIm; Guia de saúde oral materno infantil, com o Global Child Dental Fund; e Diretrizes para manejo da infecção causada pelo Vírus Sincicial Respiratório (VSR), envolvendo cinco DCs da SBP (Infectologia, Imunizações, Neonatologia, Pneumologia e Cardiologia).

SBP Notícias - Quais são os critérios que norteiam a atuação dos Departamentos Científicos, em especial na elaboração de seus produtos?

Dr. Dirceu Solé – Os documentos inicialmente produzidos foram sugeridos pelos próprios membros dos Departamentos Científicos. No entanto, por serem instâncias de suporte à diretoria da SBP, de maneira geral, os DCs respondem a solicitações. Após avaliação da diretoria científica, em conjunto com a diretoria executiva e presidência da SBP, são selecionados os temas que podem preencher lacunas de conhecimento ou que necessitam de atualização. Assim, são eleitos os documentos a serem elaborados.

SBP Notícias - Para 2018, quais são as grandes metas e desafios a serem superados?

Dr. Dirceu Solé – O foco continuará sendo a avaliação dos temas propostos pelos DCs para definir quais devem ser transformados em documentos científicos. Outra parte prioritária do trabalho será desenvolver a programação dos diferentes congressos de áreas de atuação. Para o primeiro semestre de 2018, estão agendados o 7º Simpósio de Reanimação Neonatal, o 2º Simpósio Brasileiro de Dermatologia e o 2º Congresso Brasileiro de Urgências e Emergências Pediátricas. Na segunda metade do ano, acontecerão o 17º Congresso Brasileiro de Gastroenterologia Pediátrica, o 3° Congresso Brasileiro de Nutrologia Pediátrica, o 24º Congresso Brasileiro de Perinatologia, o 15° Congresso Brasileiro de Adolescência, o 20º Congresso Brasileiro de Infectologia Pediátrica e o Simpósio de Reanimação Pediátrica. Além disso, continuaremos com as atividades de rotina, viabilizando a reunião anual dos DCs e buscando novos apoiadores para os projetos desenvolvidos pelos Departamentos. 


Eventos
Nossos Endereços

SBP-Sede • R. Santa Clara, 292 - Rio de Janeiro (RJ) - CEP: 22041-012 • 21 2548-1999 

FSBP • Alameda Jaú, 1742 – sala 51 - São Paulo (SP) - CEP: 01420-002 • 11 3068-8595 / 8618 / 8901 / 8675 • Fax: 3081-6892 

SBP-RS • R. Carlos Gomes, 328/305 - Porto Alegre (RS) - CEP: 90480-000 • 51 3328-9270 / 9520 

Memorial • Rua Cosme Velho, 381 - Cosme Velho (RJ) - CEP: 22241-125 • 21 2245-3110