Associe-se

Relatório destaca os resultados alcançados no segundo ano da atual gestão da SBP


Ações na esfera administrativa, no campo associativo, em projetos de educação continuada, na produção de conhecimento e no relacionamento com o mundo, com os pacientes e seus familiares, assim como a interação mantida com gestores das esferas federal, estadual e municipal. Essas e outras informações compõem o 2º Relatório Institucional da Sociedade Brasileira de Pediatria (gestão 2016-2018), presidida pela dra. Luciana Rodrigues Silva, que foi disponibilizado nesta segunda-feira (18) para todos os membros da entidade e a população em geral.

No documento, ao longo de 181 páginas, são apresentados aos sócios da SBP os resultados dos esforços implementados entre 30 de junho de 2017 e 31 de maio de 2018 em diferentes áreas. “Ao avaliar a trajetória percorrida até aqui, algumas constatações se impõem. É fato que a SBP já alcançou, desde 2016, um novo patamar na forma como dialoga com os próprios pediatras, com o Governo, com os parceiros institucionais, com a imprensa e com a população”, diz a presidente da instituição, em sua mensagem de apresentação do Relatório.

ACESSE AQUI O RELATÓRIO DO 2º ANO DE GESTÃO DA SBP.

Dra. Luciana reforça ainda que a atual gestão entende que as estratégias colocadas em práticas desde a posse do atual grupo gestor devem ser mantidas e aperfeiçoadas para que a SBP possa chegar ainda mais longe. Na avaliação dela, essa decisão reforça o compromisso do grupo de “trabalhar de forma democrática, idônea e transparente”, sem atender projetos ou interesses particulares, políticos ou ideológicos.

CRESCIMENTO – Lançando mão de gráficos, tabelas e imagens, a SBP mostra que tem crescido de modo consistente, com total autonomia financeira e sempre conectada às necessidades e aos interesses dos mais de 20 mil pediatras que a integram. “Nesse segundo ano, aumentamos em 3,9% o número de associados. Somados aos dados do primeiro ano, eles totalizam mais de 1.500 novos sócios.  Além disso, tivemos uma produção científica excepcional, com um total de 53 documentos científicos, e lançamos diversas campanhas, entre elas Mais que um Palpite, Nascimento Seguro, Mulher Pediatra, Agosto Dourado e outras”, enumerou a presidente da SBP ao destacar as realizações alcançadas.

Para permitir o alcance das metas estabelecidas e preparar o futuro para novos projetos, a SBP tem procurado estimular o diálogo e a troca de informações entre seus membros, em especial os do grupo diretor. Mais de 60 reuniões presenciais ocorreram nos últimos meses, com a participação de integrantes da diretoria-executiva, de conselheiros, de presidentes de filiadas e de especialistas dos Departamentos Científicos, entre outros. Juntos, eles identificaram e analisaram problemas, propuseram soluções e encontraram respostas para os desafios que se impõem no cotidiano.

PARCERIAS – Convênios estabelecidos com instituições, como a Associação Latino-americana de Pediatria (ALAPE), o Fórum das Sociedades de Pediatria do Cone Sul (FOSPECS), o Conselho Federal de Medicina (CFM), o Ministério da Saúde, Câmara dos Deputados, entre outras, também ajudaram a fortalecer a rede de apoio à pediatria. Além disso, a proximidade da SBP com os seus associados se tornou mais visível na atual gestão. O projeto SBP Visita esteve em mais de 14 estados, entre junho de 2017 e maio de 2018, com a participação da presidente da instituição, dra. Luciana Silva, ou de seus representantes.

Cada visita proporcionou aos diretores da SBP conhecer de perto a realidade da pediatria nas cinco regiões do País e entender in loco as dificuldades de cada estado para que possam desenvolver propostas de solução ou de apoio na resolução de problemas.

EDUCAÇÃO CONTINUADA – No período analisado, também ficou evidente que o incentivo à produção científica e o apoio aos programas de atualização e educação continuada foram fortalecidos de forma a oferecer instrumentos suficientes para o aprimoramento e a formação dos pediatras associados. Livros, documentos científicos, consensos e diretrizes foram editados pela Sociedade por meio dos profissionais dedicados que compõem os seus 32 Departamentos Científicos (DC) e os sete Grupos de Trabalho (GT), sendo o GT de Oftalmologia Pediátrica criado mais recentemente.

Os Programas de Reanimação Pediátrica (PALS) e o de Reanimação Neonatal (PRN), bem como o Curso de Aprimoramento em Nutrologia Pediátrica (CANP), confirmaram seu papel chave na formação dos médicos e promoveram vários treinamentos e cursos em todas as regiões do País. Os números de profissionais treinados no último ano nos três cursos impressionam: mais de 12 mil.

De forma complementar, o Programa Nacional de Educação Continuada em Pediatria (Pronap) se consolidou como um sucesso, com mais de 5.500 inscritos em 2017. Os cursos, realizados pela SBP em parceria com o Sistema de Educação Continuada à Distância (Secad),  já contam com mais de 11 mil inscritos. Somente o Programa de Atualização em Emergência Pediátrica (Proemped), criado nesta gestão, tem mais de 2 mil inscritos.

EVENTOS DE SUCESSO – No Relatório divulgado, os congressos, simpósios, jornadas, fóruns, entre outros eventos promovidos pela SBP, surgem como exemplos de sucesso. Destaque para o 38º Congresso Brasileiro de Pediatria (38º CBP), realizado em outubro de 2017, em Fortaleza (CE), com mais de 6 mil inscritos. Em um ano, foram nove eventos realizados pela SBP, além de outros 12 produzidos pelas Sociedades de Pediatria nos estados com o apoio da Brasileira. Em 2018, outros cinco grandes eventos ocorrerão até o fim do ano.

Para seus gestores, esses resultados sinalizam o êxito de uma mudança de postura da SBP, que passou a agir de modo propositivo, desenvolvendo campanhas, compartilhando informações e ocupando cada vez mais espaços na imprensa. De modo complementar, a entidade tem buscado fortalecer seus laços com os pediatras, mantendo-os a par de todas as suas iniciativas com o envio de e-mails específicos ou pelas redes sociais. Somente a página da Sociedade no Facebook conta com 65 mil seguidores, que interagem com as publicações institucionais gerando compartilhamentos e debates sobre os mais diversos temas pediátricos.

Na mídia, a SBP tem sido presença constante e de forma positiva – seja nos noticiários exibidos em rede nacional bem como nos telejornais locais dos 26 estados e do Distrito Federal, nos jornais impressos, nas rádios e sites de notícias. Nos espaços, além de abordar temas de caráter científico e técnico, a Sociedade tem se pronunciado sobre a falta de estrutura para o atendimento pediátrico na saúde pública, a falta de leitos de UTI pediátrica e neonatal, a agressão física aos pediatras em ambulatórios públicos, entre outros temas. Foram mais de 40 posicionamentos oficiais na imprensa e mais de 6.500 citações do nome da SBP nos veículos de comunicação.

“As ações de comunicação da SBP vão muito além da abordagem da mídia ou da produção de conteúdo. Mais do que a exposição dos fatos e conclusões apontadas pela entidade, o objetivo principal é gerar debate e mudança de rota entre os tomadores de decisão. E continuaremos a trabalhar incessantemente a fim de ajudar a mudar a realidade da saúde do nosso País”, finaliza a dra. Luciana Silva.


Eventos
Nossos Endereços

SBP-Sede • R. Santa Clara, 292 - Rio de Janeiro (RJ) - CEP: 22041-012 • 21 2548-1999 

FSBP • Alameda Jaú, 1742 – sala 51 - São Paulo (SP) - CEP: 01420-002 • 11 3068-8595 / 8618 / 8901 / 8675 • Fax: 3081-6892 

SBP-RS • R. Carlos Gomes, 328/305 - Porto Alegre (RS) - CEP: 90480-000 • 51 3328-9270 / 9520 

Memorial • Rua Cosme Velho, 381 - Cosme Velho (RJ) - CEP: 22241-125 • 21 2245-3110