Associe-se

Risco de transmissão do zika vírus divide pediatras brasileiros

odia-brasil

Há médicos que defendem a manutenção do aleitamento mesmo nos casos em que a mãe esteja infectada. Outros profissionais dizem que seria melhor trocar o leite

Publicado em 06 de fevereiro de 2016

Em meio à possibilidade de o leite materno transmitir zika às crianças, especialistas das sociedades estadual e brasileira de Pediatria estão divididos se mães infectadas pelo vírus devem continuar amamentando seus filhos.

(…) Já o presidente do Departamento de Aleitamento Materno da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), Luciano Borges Santiago, destacou que o leite humano não tem contra-indicação para casos do vírus, entretanto, demonstrou dúvida sobre o potencial contaminante via lactação. “É leviano dizer que a criança pode pegar zika da mãe na amamentação, assim como também é falar que (o aleitamento) não transmite ”, diz Santiago.

Ele ressaltou que a SBP segue orientações do Ministério da Saúde, que apoia o aleitamento até que apareça o primeiro caso de infecção. A Sociedade de Pediatria do Rio defende a amamentação.

Leia mais.

Nossos Endereços

SBP-Sede • R. Santa Clara, 292 - Rio de Janeiro (RJ) - CEP: 22041-012 • 21 2548-1999 • Fax: 21 2547-3567 

FSBP • Alameda Jaú, 1742 – sala 51 - São Paulo (SP) - CEP: 01420-002 • 11 3068-8595 / 8618 / 8901 / 8675 • Fax: 3081-6892 

SBP-RS • R. Carlos Gomes, 328/305 - Porto Alegre (RS) - CEP: 90480-000 • 51 3328-9270 / 9520 

Memorial • Rua Cosme Velho, 381 - Cosme Velho (RJ) - CEP: 22241-125 • 21 2245-3110