Associe-se

Sociedade Baiana de Pediatria completa 30 anos

Fundada em 20 de dezembro de 1988 pelo professor Nelson Barros, a Sociedade Baiana de Pediatria (Sobape) completa 30 anos. À frente da sociedade, a presidente Dolores Fernandez reafirma o compromisso da diretoria de atuar na defesa e valorização profissional, reforçar a promoção de atividades de educação continuada, bem como intensificar ações pela qualidade da assistência integral de crianças e adolescentes.

Ao lado da vice-presidente Ana Paz, Dolores Fernandez foi reeleita para o período 2019-2022. Ela destaca trajetória da sociedade, que vem ampliando o número de sócios, o que chega a quase mil, e estimulando a prática do associativismo em todo o estado. “É uma data muito importante para nós, pediatras baianos, que herdamos esse legado deixado pelo nosso querido professor Nelson Barros, uma referência na pediatria da Bahia e do Brasil”, diz.

“A manutenção da nossa sociedade, que hoje é referência no Brasil, tem como propósitos fortalecer os profissionais e atuar de forma mais efetiva em prol de políticas públicas que garantam a saúde integral das nossas crianças e dos nossos adolescentes”, define, comemorando a crescente adesão dos pediatras baianos e a chegada dos jovens profissionais.

Dolores Fernandez destaca a atuação dos presidentes anteriores e aproveita para fazer um agradecimento especial ao trabalho de cada colega que esteve à frente da Sobape. “É importante salientar que cada um ofereceu seu trabalho e dedicou seu tempo, contribuindo para nossa evolução. Cada conquista, cada vitória deve ser partilhada entre todos”, reforça.

A pediatra Ana Paz reitera a prioridade da gestão para as ações em prol da saúde e do desenvolvimento de crianças e adolescentes, com atenção especial para bebês prematuros e crianças com problemas de desenvolvimento, por exemplo. “Temos muito trabalho pela frente e a certeza de que, juntos, podemos avançar na qualidade da assistência integral, sobretudo através da oferta de capacitação para os pediatras”, pontua.

MEMÓRIAS DOS EX-PRESIDENTES - Depois do fundador, professor Nelson Barros (1988 -1990), que faleceu em março de 2015, a Sobape teve nove presidentes, alguns dos quais com mais de uma gestão. Como destaca a presidente reeleita Dolores Fernnadez, todos os pediatras contribuíram para o sucesso da sociedade. Eles relembram aqui algumas conquistas que ajudaram a construir uma das maiores sociedades de pediatria do país. Confira:

Núbia Mendonça (2000 – 2002)

“Fui a primeira presidente eleita, já que a Sobape havia sido criada oito meses antes pela dissolução do Departamento de Pediatria da ABM. O professor Nelson Barros, elegantemente, não quis se candidatar e convidou-me”, relembra a pediatra Núbia Mendonça.

“A sociedade funcionava no Hospital Martagão Gesteira, numa sala cedida por dr. Jorge Bahia de Carvalho. Com gastos apenas para material de escritório, poupamos para comprar nossa sede, o que aconteceu na gestão seguinte, com dra. Célia Silvany”, conta, afirmando que, entre as conquistas, o principal avanço foi a representatividade junto à SBP, com voz e voto no Conselho Superior.

"Foi uma honra ter presidido a Sobape. Além das novas amizades, conseguimos inserir a sociedade no cenário nacional, com a captação do Congresso Brasileiro de Pediatria (1993), presidido pela então presidente Célia Silvany".

Célia Silvany (1992 – 1994)

“Fui a terceira presidente após a reestruturação da Sobape feita pelo professor Nelson. Registramos algumas realizações importantes, como a compra da sede própria e a organização administrativa e contábil”, diz a pediatra Célia Silvany.

“Como membros do Conanda (Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente), contribuímos com ações pela garantia de amplos direitos de crianças e adolescentes, com destaque para aqueles hospitalizados”, salienta, acrescentando que, no período, foi apresentado o modelo da Caderneta de Saúde da Criança, que substituiu o cartão da criança, e a Sobape deu início a campanhas de combate à violência contra a criança e o adolescente.

"Foi um prazer e um rico aprendizado atuar como presidente dessa entidade de classe, o que me proporcionou desenvolver vários programas que flutuavam em nosso universo de sonhos, em especial na área de defesa da criança e do adolescente”, completou.

Luciana Silva (1994-1996)

"A atuação da Sobape muito me orgulha. O período em que tive o privilégio de ocupar a Presidência da Sociedade Baiana de Pediatria, na década de 1990, foi dos mais importantes de minha trajetória. Sei do empenho dos diretores e da equipe de apoio da entidade para bem atender os pediatras baianos e desenvolver, assim, ações profícuas em benefício da especialidade e, sobretudo, dos pacientes", diz a pediatra Luciana Silva, presidente da Sociedade Brasileira de Pediatria.

Para Luciana Silva, esse desempenho "torna a Sobape uma das mais atuantes dentro do sistema formado pelas filiadas da SBP. Desejo que muitas outras comemorações se acumulem ao longo da história desse entidade, cuja trajetória confirma a importância de o pediatra permanecer unido em prol de suas convicções. À Sobape meus parabéns por essa data e meus agradecimentos pelo muito já feito pela pediatria", concluiu.

Hagamenon Silva (1996 -1998)

O pediatra Hagamenon Silva disse que a fundação da sociedade pelo professor Nelson resgatou e democratizou a pediatria baiana. Como legado da sua gestão, destacou a modernização do estatuto, a reformulação do corpo funcional, reestruturação física da sede do Edifício Fernandez com regularização de sua escritura e atualização da área de informática, incluindo a inserção da Sobape na internet.

Ele também citou as atividades científicas que congregaram os pediatras, contemplando as mais diversas subespecialidades e incluindo a I Jornada de Infectologia Pediátrica. “A sociedade também trabalhou em conjunto com Secretaria da Saúde do Estado nas campanhas de vacinação e apoiou todos os cursos de reciclagem”, diz Hagamenon Silva.

Lícia Moreira (1998-2000)

A pediatra Lícia Moreira, presidente entre 1998 e 2000, diz que o objetivo principal do biênio foi lutar por melhores condições de trabalho do pediatra. “Encontrei a Sobape em condição financeira estável, em fase de capitalização para comprar uma sede maior que aquela da época, que era a casa do pediatra”, lembra, acrescentando que foi vice-presidente entre 1996 e 1998.

“Na nossa gestão, conseguimos captar vários congressos, o que levou a filiada a uma condição financeira boa, ajudando, inclusive, na compra da atual sede e na ampliação do número de sócios. Entre os congressos, posso citar o de Perinatologia, Terapia Intensiva Pediátrica, Gastroenterologia, Adolescência, Endocrinologia e Pneumologia, entre outros, além de muitos cursos de Reanimação Neonatal e capacitações itinerantes instituídas pela SBP”, relata.

A neonatologista Lícia Moreira também recorda da instalação da regional de Vitoria da Conquista e do apoio da Sobape às unidades de Itabuna e Feira de Santana, promovendo cursos de atualização. “A Secretaria de Saúde do Estado foi nossa parceira, apoiando nos eventos e solicitando nosso apoio técnico, inclusive no Encontro de Gestação de Alto Risco”, diz, resumindo que são 30 anos de muito trabalho em prol da pediatria baiana.

Fernando Barreiro (2004 -2007 / 2007-2010 / 2013-2016)

“Antes de assumir a presidência, fui tesoureiro na gestão anterior, de dr. Hans Greve. Reestruturamos a parte financeira, enxugamos e controlamos de forma rigorosa as despesas. Ao assumir a presidência, estava tudo estruturado neste aspecto”, lembra o ex-presidente Fernando Barreiro.

"Com a nova sede adquirida na gestão de Hans, coube à minha gestão a tarefa de mobiliar e preparar o espaço para salas de reunião e pequenos cursos. Hoje, temos a sociedade mais estruturada do país”, conta. Fernando Barreiro destaca a realização de eventos científicos importantes, como o X Congresso Nacional de Pediatria e a indicação para Salvador sediar o 35º Congresso Brasileiro de Pediatria, em 2011. Além disso, ele lembra que é fruto da sua gestão a estruturação da assessoria de comunicação.

“Congratulo-me com todos os pediatras da Bahia, em especial com a diretoria guerreira da Sobape, rememorando sempre a figura do professor Nelson Barros, que democratizou o associativismo pediátrico na Bahia, abriu espaço para o surgimento de novas lideranças em nossa sociedade e estava sempre pronto a colaborar para o engrandecimento da pediatria baiana”, conclui.

Nossos ex-presidentes:

• NELSON BARROS  1988 -1990

• NÚBIA MENDONÇA  1990 -1992

• CÉLIA SILVANY  1992 -1994

• LUCIANA SILVA  1994-1996

• HAGAMENON SILVA 1996 -1998

• LÍCIA MOREIRA  1998 -2000

• HÉLIO QUEIROZ FILHO  2000 -2002

• HANS GREVE  2002 -2004 / 2010-2013

• FERNANDO BARREIRO  2004 -2007 / 2007-2010 / 2013-2016

• DOLORES FERNANDEZ  2016 -2019


Eventos
Nossos Endereços

SBP-Sede • R. Santa Clara, 292 - Rio de Janeiro (RJ) - CEP: 22041-012 • 21 2548-1999 

FSBP • Alameda Jaú, 1742 – sala 51 - São Paulo (SP) - CEP: 01420-002 • 11 3068-8595 / 8618 / 8901 / 8675 • Fax: 3081-6892 

SBP-RS • R. Carlos Gomes, 328/305 - Porto Alegre (RS) - CEP: 90480-000 • 51 3328-9270 / 9520 

Memorial • Rua Cosme Velho, 381 - Cosme Velho (RJ) - CEP: 22241-125 • 21 2245-3110