carregando...
Academia Brasileira da Pediatria

Nelson de Carvalho Assis Barros (Titular)

Nasci em 16/03/1929, na cidade de Salvador, Bahia.

Filho de Francisco de Assis Barros e Georgina Marques de Carvalho.

O curso primário comecei a freqüentar aos 8 anos de idade, na escola Alberto Torres, na verdade, as primeiras e inesquecíveis lições devo ao meu pai que era Bel. em Direito

Fiz o curso ginasial e científico no Ginásio da Bahia, a mais tradicional escola pública do estado, fundado em 1837, hoje Colégio Central, e equivalente ao Dom Pedro II, no Rio de Janeiro. Muitos de seus professores eram também mestres das Escolas de cursos Superiores que vieram a integrar a UFBA..
Ainda ginasiano dava aulas de matemática, latim e ciências físicas e naturais a alunos particulares, marco inicial de minha vocação pelo magistério, além do significado financeiro.

Tive uma infância e adolescência voltadas para os estudos, mas, os tempos livres eram dedicados àsl peladas, ao cinema e ao basquete, este  iniciado em 1946, no juvenil do Vitória F. Clube. Curiosamente, sagrei-me vice-campeão dos jogos universitários em 1951, no Recife. Essa foi uma façanha considerável, pois derrotamos os mineiros Duda, Zé Luiz e Caiubí, olímpicos de Wembledon.

Voltei ao Ginásio em 1951, já acadêmico de medicina, na qualidade de professor assistente de física, aprovado em concurso de títulos e provas, em outubro do mesmo ano.
Em 13 de abril de 1955, casei-me com Teresinha dos Santos Barros, de cuja união nasceram três filhos: Consuelo Barros e Barros, Eduardo Barros e Barros(administradores de empresas)  e Antonio Barros Neto (pediatra)  destes nasceram, respectivamente os netos: Carolina Barros Saraiva,Eduardo Tanos Barros,Giulia Tanos Barros,Nelson Neto e Maria Manuela da Silva Barros.

Diplomei-me em medicina em 1955, tendo sido interno de Pediatria da Clínica Pediátrica Médica e Higiene Infantil, serviço do professor Hosannah de Oliveira.
Recordo-me que, o encantamento pela pediatria começou no 5º ano médico, após concluir um curso de psico-higiene infantil ministrado pelo Dr. Viomário Silva, psiquiatra do Hospital Juliano Moreira.

Logo após a formatura, desloquei-me para o interior do Estado: Juçari e Buerarema, distritos de Itabuna, aonde exerci a atividade clínica até março de 1957.

Em outubro desse ano, fui indicado pediatra do Hospital São Jorge vinculado ao Instituto de Aposentadoria e Pensões dos ferroviários.

Em 1958, transferí-me da disciplina de Física do Ginásio da Bahia para a de Higiene e Puericultura do Instituto Normal da Bahia, dando uniformidade ás minhas atividades de professor e médico pediatra.

Em 1958, fiz um curso de atualização em Pediatria, oportunidade em que entrei em contato com singulares mestres da pediatria.

Em 1962 retornei à Clínica Pediátrica, cujo Catedrático, Professor Hosannah de Oliveira, indicou-me como assistente honorário, tendo sido exonerado a pedido do cargo de médico (IAPFESP), por incompatibilidade de horário.

Em 1963 fui representar a clínica do Mestre Hosannah no Curso para colaboradores de Cátedras, realizado em São Paulo, e em 1967, já Auxiliar de Ensino, mandou-me como membro da Cátedra para fazer o Curso de Pediatria Social, e aí tive a grata satisfação de estreitar amizades com os Profs. Azarias de Andrade Carvalho, Renato Woiski e Eduardo Marcondes.

Neste curso, mesmo como Auxiliar de Ensino na UFBA, fui convidado pelos coordenadores citados, para substituir o Prof. Meira, na mesa redonda abordando o tema Esquistossomose na criança, pois, possuía dois trabalhos publicados sobre o assunto em pauta.

Em 1967 fui Coordenador da Residência em Pediatria no HUPES.

Em 1968, após obter uma bolsa de estudos por títulos fui para o New York Hospital, Cornell Medical Center, serviço do Prof. McCrory, retornando em1969 ás minhas atividades na FAMEB-UFBA.

Na minha querida Faculdade, mater do ensino médico, no Brasil, submetí-me a concurso de títulos e provas para Professor Assistente em 1972, o primeiro realizado após a reforma do ensino superior. Na Faculdade de Medicina de Goiás, em 1973 conquistei a Livre Docência em Pediatria referendada pelos Professores: Jonas Ayube e Antônio Pimenta (UFGO), Eduardo Marcondes M (USP), Antonio Márcio Lisboa (UNB) e Rodolfo dos Santos Teixeira (UFBA), finalmente, em maio de 1974, alcancei a titularidade na FAMEB/UFBA, chancelada pelos professores: Azarias de Andrade Carvalho, Eduardo Marcondes e Fernando Figueira (UFPE), além dos baianos, José Adeodato de Souza Filho e Alicio Peltier de Queiroz.

Em 1985, assumi a Titularidade de Pediatria na Escola Baiana de Medicina.

Entre os meus discretos trabalhos científicos desatacaria: três teses para os concursos de Assistente, Livre Docência e Titular, outros tantos que totalizam cerca de mais de três dezenas, um capítulo em co-autoria, na Farmacologia do Prof. Penildon Silva, além de outros publicados em congressos e cursos, por fim, mencionaria a Mortalidade Infantil no Brasil, para ingressar na AcadMedBa.

Na condição de professor titular, consegui desdobrar a cátedra em quatro: Pediatria Preventiva e Social, Neonatologia, Pediatria Clínica e Saúde da Adolescência.
Exerci as seguintes funções: Chefia do Departamento de Pediatria, Coordenador do Mestrado Materno-Infantil, representante da FAMEB na Câmara de Pós-graduação e Pesquisa, membro do Colegiado de Cursos, membro do Colegiado da Residência Médica em Pediatria, membro de inúmeras Bancas examinadoras de vários concursos na Bahia e em diversos estados.

Aposentei-me em 1983 do cargo de médico neonatalista da Maternidade Tsyla Balbino, pois em março fui nomeado Secretário da Saúde do Estado da Bahia e o exerci até janeiro de 1986, desligando-me a pedido.

Em1990 implantei o serviço de Pediatria do Hospital São Rafael, sendo o seu chefe até 2007, desligando-me a pedido.

Fundei a SobaPe e em 1988, fui eleito seu primeiro presidente, tendo sido antes, por dois biênios, presidente da SecPedAssBaMed.

Na SBP fui vice–presidente, membro de departamentos. Assessor de algumas diretorias, compus a Comissão Científica de alguns congressos e presidi o Congresso Brasileiro em 1993, SSA-Ba.

Em 1997 fui eleito e reeleito em 1999, por unanimidade e generosidade dos meus pares, o primeiro Presidente  ABP, à época Conselho Acadêmico de Pediatria, onde ocupo com muita honra a Cadeira de número seis, cujo patrono é o renomado Martagão Gesteira.

Honrarias e Sociedades Médicas

Professor Emérito da FAMEB-UFBA, 2005,
Membro da ABP1997, da AcadMediBa1985, da SBP1961, da AMB1959, da SoBaPe1988, Medalha da SBP1982, Comenda do Governo do Estado da Bahia1986, Medalha Santos Dumont1985, Presidente do Congresso Brasileiro de Pediatria1993,
Placas do Cremeb e da ABM,2005.
Orador oficial indicado pela SBP, na solenidade em comemoração do centenário de nascimento do Prof. Pedro de Alcântara – Faculdade de Medicina da USP.
Orador oficial indicado pela Família na solenidade de comemoração do centenário de nascimento do Prof. Hosannah de Oliveira – Reitoria – UFBA.