carregando...
Academia Brasileira da Pediatria

Nelson Grisard (Titular)

Nasceu em Florianópolis,SC,Brasil em 2 de dezembro de 1936, filho de Waldyr Grisard (jornalista) e Maria da Glória Schutel Grisard(professora). Casado com Iza Vieira da Rosa Grisard, têm três filhos: Edmundo (biólogo e professor-doutor), Raquel (técnica de enfermagem) e Edla (psicóloga e professora-doutora) e cinco netos.

Estudou no Grupo Escolar Padre Anchieta e Colégio Catarinense ambos em Florianópolis. Graduou-se médico pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Paraná, em 18 de dezembro de 1961.

Especialização em Pediatria no Serviço do Prof. Pedro de Alcântara, Hospital das Clínicas/USP, 1962/1963. Portador do Titulo de Especialista em Pediatria.
Iniciou atividades em Florianópolis em 1963.

Médico-puericultor (concursado) do Estado de Santa Catarina (1963-2003).

Especialização em Neonatologia no Hospital Infantil do México, México-DF, em 1968-69, com bolsa da CAPES onde defendeu tese sobre “A Fototerapia na Icterícia do Recém-nascido-estudo experimental”, sendo aprovado com Menção Honrosa e tendo introduzido o método de tratamento da icterícia neonatal naquela importante instituição pediátrica de ensino e pesquisa.

Especialização em Saúde Pública Materno-Infantil na Universidade de Buenos Aires, em 1969 (bolsa da OPAS/OMS).

Especialização em Perinatologia no Centro Latino-Americano de Perinatologia da OPAS/OMS, em Montevidéu, ROU, em 1969-1970, com bolsa da OPAS/OMS.

No Departamento de Pediatria da Universidade Federal de Santa Catarina foi:

a)Auxiliar-de-ensino em 1964 (início da careira docente);
b)Livre –Docente e Doutor em Ciências, defendendo a tese aprovada, sobre “A Freqüência Cardíaca Neonatal como indicador da condição dos Recém-nascidos”, em 1974;
c)Profesor-adjunto, aprovado em concurso, em 1974;
d)Professor-Titular de Pediatria defendendo a tese: “Contribuição ao Estudo do Pneumotórax do Recém-nascido”, em 19 de dezembro de 1979, 18 anos após sua  graduação em medicina.

Na UFSC foi diretor do Hospital Universitário (1981-1984) e Chefiou os Departamentos Materno-Infantil, de Pediatria e de Nutrição.
Chefiou o Serviço de Neonatologia da Maternidade Carmela Dutra em Florianópolis(1964-2002) e Coordenou o Sub-Programa de Residência Médica em Neonatologia(R3) na mesma Maternidade.

Criador do Serviço de Neonatologia do Hospital Infantil Edith Gama Ramos (hoje HI Joana de Gusmão) , em Florianópolis.

Participou da fundação do CLAP/OPAS, Montevidéu, 1970.

Fundador e 1o. presidente da Sociedade Catarinense de Pediatria,1974

Criador e chefe do Serviço de Pediatria do HU/UFSC, depois diretor geral do hospital (1980-1984), implantando-o definitivamente.

Membro da Comissão de Implantação e Acompanhamento do Curso de Medicina da UNIVALI, Itajaí/SC, de 1997 a 2002, onde é professor de Ética Médica e Bioética (desde 1998) e foi professor de Pediatria (2000-2002) e Neonatologia (2001-2003).

Representante do CCS da UNIVALI na Comissão de Ética em Pesquisa da mesma Universidade (2000-2002).

Foi presidente (duas gestões), secretário, membro de comissões e atualmente conselheiro do Conselho Regional de Medicina do Estado de Santa Catarina. Ex-suplente do Conselho Federal de Medicina.

Vice e presidente da Academia Catarinense de Medicina (até março 2008).

Autor de 34 trabalhos científicos, 3 teses, 12 capítulos de livro, 1 livro em quatro edições, 1 editorial e uma Nota Prévia. Escreveu também 2 apresentações e 4 orelhas em livros. Fez três revisões de textos (dois técnicos e um histórico).

É um dos revisores oficiais e co-autor da obra “Um Compromisso com a Esperança – História da Sociedade Brasileira de Pediatria”, edição comemorativa dos 90 anos da SBP, Rio de Janeiro, 27 de julho de 2000.

Proferiu conferências, aulas, mesas-redondas em Congressos Médicos no Brasil e no Exterior, sobre temas de pediatria geral, neonatologia, ensino médico e ética médica e bioética.

Participou como docente em Seminário de Neonatologia no Instituto Nacional de Perinatologia do México-DF e como assistente em dois Seminários de Neonatologia no Jackson Memorial Hospital/Departamento de Neonatologia/Escola de Medicina da Universidade de Miami.

Proferiu conferências na Academia Catarinense de Medicina e três no Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina.

É membro do corpo docente do Mestrado em Ciências Médicas da UFSC, ministrando conteúdos de ética médica e bioética, participando de bancas examinadoras e orientando dissertações.

Recebeu o título de Mérito Científico do Estado de Santa Catarina pela Associação Catarinense de Medicina, em 25 de abril de 2002.

Recebeu 17 homenagens universitárias, associativas e uma da edilidade de Florianópolis (Medalha do Mérito Municipal).
Fatos relevantes:

  • Introdutor da assistência neonatal em sala de parto, na Maternidade  do Hospital Na.Sra. das Graças, Curitiba (1961-1962) e na Maternidade Carmela Dutra, Florianópolis em 1963, onde introduziu o uso do índice de Apgar de rotina.
  • Pertence à 4a. geração brasileira de pediatras com formação em neonatologia.
  • Pioneiro e introdutor da vacinação oral em massa contra a poliomielite em Santa Catarina, em junho de 1963, quando foram vacinadas 450.000 num total estimado de 500.000 crianças em todo o Estado.
  • Pioneiro e introdutor da vacina contra o sarampo (cepa Schwarz) em Santa Catarina, 1966.
  • Introdutor da fototerapia no tratamento da icterícia neonatal no Hospital Infantil do México.
  • Colaborador e co-autor da pesquisa nacional sobre Antropometria dos Recém-nascidos brasileiros, tendo sido avaliados pouco mais de 100.000 crianças.
  • Colaborador e co-autor da pesquisa internacional sobre Aleitamento Materno.
  • Autor e Coordenador do Manual de Orientação Ética e Disciplinar do CREMESC, já na 4a. edição.
  • Como presidente do CREMESC em duas gestões, projetou a instituição na sociedade catarinense dando-lhe prestigio.

Na SBP foi Delegado em SC, membro dos Comitês de Neonatologia, Ensino e Bioética. Membro da Comissão revisora da Historia da SBP. Palestrante e autor de capítulos em manuais e no Tratado de Pediatria. Ex-secretario do então Conselho Acadêmico, hoje ABP, por duas gestões. Membro Titular do 1o. Corpo da Academia Brasileira de Pediatria, tendo sido eleito pelo Conselho Superior, ocupando a Cadeira No. 20 (Patrono Antônio Simão dos Santos Figueira). Em 2001 foi eleito secretário do Conselho Acadêmico (hoje ABP) para mandato de dois anos.

Profissão de Fé:
Medico há 46 anos, professor de pediatria por mais de 35 anos  e de ética médica há 8 anos, tudo foi feito em prol da medicina e da pediatria, dos pacientes e dos médicos. Nada em proveito próprio. Cheguei ao seio da nobre Academia Brasileira de Pediatria pela indicação unânime dos membros do Conselho Diretor da quase centenária SBP, entidade à qual dedico compromisso e lealdade.