carregando...
Academia Brasileira da Pediatria

Raul Moreira da Silva (1891-1969)

Raul Moreira da SilvaRaul Moreira da Silva nasceu em 21 de maio de 1891, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Concluiu o curso médico na Faculdade de Medicina de Porto Alegre em 1916, defendendo a Tese “Mal de Charcot”. Ao longo de sua formação foi interno de Clínica Cirúrgica, de Clínica Médica, de Clínica Ginecológica e de Clínica Pediátrica Médica. Após sua formatura, permaneceu durante um ano no Rio de Janeiro, na Policlínica de Crianças, sob a chefia de Fernandes Figueira e Olinto de Oliveira e na Clínica Neurológica de Antônio Austregésilo.

Retornando a Porto Alegre, atuou como médico voluntário no bairro operário do 4º distrito, que corresponde aos bairros de São João, Navegantes e Passo d’Areia. A partir dos anos 1920, trabalhou como médico na Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, sendo nomeado Diretor Geral de Assistência à Infância da instituição. Permaneceu à frente do serviço de pediatria da Santa Casa até se aposentar em 1959. Ao todo, foram 39 anos dedicados a este serviço.

No magistério, sua atuação concentrou-se na Faculdade de Medicina de Porto Alegre, atual Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Inicialmente foi professor substituto. Em 1930, foi promovido a catedrático da Cadeira de Clínica Pediátrica Médica e Higiene Infantil, na vaga de Manuel Gonçalves Carneiro, por ocasião de sua jubilação. Foi professor de Clínica Pediátrica Cirúrgica e Ortopédica e de Clínica Neurológica. Em 1941 foi nomeado diretor da Faculdade. Idealizou e acompanhou a construção do Hospital de Clínicas, inaugurado em 1968. Como Décio Martins Costa (1900/1963), formou gerações de pediatras gaúchos. Pode-se dizer que foi um pioneiro no ensino de pediatria no Rio Grande do Sul.

Durante 40 anos, Raul Moreira da Silva foi, com Décio Martins Costa, um dos mais importantes pediatras de Porto Alegre. Dirigia o curso de formação profissional – a Faculdade de Medicina de Porto Alegre e a importante clínica pediátrica voltada a coletividades mais sofridas – a clínica pediátrica da Santa Casa de Misericórdia. Nestes anos em que se dedicou ao ensino e à prática pediátrica, atualizava-se participando de diversos cursos no exterior. Completou sua formação no Rio de Janeiro, em São Paulo, em Montevidéu e em Buenos Aires. Publicou 52 trabalhos científicos. Possui vasta bibliografia com textos publicados, inclusive, em revistas estrangeiras, principalmente Suécia, França e Itália.

Participou de eventos científicos, tendo sido, em 1927, Presidente do “Iº Congresso Mundial de Higiene, Saúde Pública e Hospitais”, realizado na cidade de Porto Alegre. Foi, ainda, representante da Faculdade de Medicina de Porto Alegre no Congresso Internacional de Pediatria em Estocolmo, realizado em 1930.

Atendeu, voluntariamente, milhares de crianças e adolescentes, bem como os filhos dos colonos do bairro São Roque, em Bento Gonçalves, onde costumava passar as férias.

Em termos associativos, fundou, em 1936, com Décio Martins Costa, a “Sociedade de Pediatria e Puericultura de Porto Alegre”. Durante sua militância associativa contou sempre com o apoio e a solidariedade de Décio Martins Costa. Nos dez primeiros anos a sociedade, praticamente, não existiu. Em 1946, voltou à carga, assumindo a presidência da entidade.

Foi membro honorário da Sociedade de Medicina de Pelotas e membro correspondente da Sociedade Brasileira de Neurologia, Psiquiatria e Medicina Legal e da Academia Nacional de Medicina.

Raul Moreira viveu em um tempo em que a pediatria, apesar de ser uma especialidade reconhecida oficialmente desde 1903, carecia de credibilidade social e solidez científica. Além disso, as políticas públicas de atendimento clínico e promoção da saúde da criança eram inexistentes. Raul Moreira foi pioneiro na construção da pediatria no Rio Grande do Sul.

Em 1959, analisando a importância das ações de saúde sobre a criança afirmou: “Tudo o que se fizer pela criança, no terreno social ou puramente científico, é luz que não se extingue, mas antes brilha misteriosamente e cada vez mais intensa”.

Raul Moreira da Silva faleceu em 22 de setembro de 1969. Foi homenageado pela Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul, sendo indicado como patrono da Cadeira 7 da Academia Brasileira de Pediatria.