carregando...

Álvaro de Aguiar (1946/47 e 1960/61): líder nacional dos pediatras

Nascido em 1909, em Santo Antônio do Amparo, no sul de Minas Gerais, Álvaro de Aguiar concluiu a Faculdade de Nacional Medicina em 1932.

Em 1937, tornou-se livre-docente da Faculdade de Medicina da Universidade do Brasil. Foi professor na Pós-Graduação em Pediatria da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) e médico do Serviço de Pediatria da Policlínica de Botafogo. Organizou o primeiro calendário de imunizações de rotina na infância e integrou uma Comissão de Estudos Bioestatísticos do Departamento de Puericultura da Secretaria de Saúde do Distrito Federal.

Em seu primeiro mandato como presidente da SBP, entre 1946 e 47, congregou os vários grupos pediátricos do Rio de Janeiro e desfez rivalidades, convidando diretores de hospitais pediátricos e chefes de serviço de Pediatria para os quadros da SBP. Em 1953, participou ativamente da mudança nos estatutos da SBP, abrindo espaço para a filiação de sociedades estaduais de Pediatria e pediatras de estados onde não havia sociedade da classe.

Em 1956, criou o Curso de Atualização em Pediatria, com Walter Telles, que ganhou a chancela da SBP e passou a ser oferecido aos pediatras fora do eixo Rio-São Paulo.

De volta à Presidência da SBP, em 1960 e 61, inaugurou a primeira sede da entidade, no centro do Rio, e articulou a realização da 1ª Conferência sobre o Ensino da Pediatria. Esse evento foi decisivo na implantação da moderna Pediatria nas escolas médicas do País.

Apontado como maior líder da Pediatria Brasileira de sua geração, Álvaro Aguiar atuou na SBP por cerca de 30 anos. Por seu valioso trabalho na entidade, foi homenageado com o título de patrono da cadeira 13 de seu Conselho Acadêmico.