carregando...

Dioclécio Campos Júnior (2004/07 e 2007/10)

Dioclécio Campos Júnior nasceu em Uberaba (MG), formou-se pela Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro, em 1966, e fez, a seguir, a residência em pediatria no Instituto Fernandes Figueira – RJ. Em 1969, começou o Mestrado em Pediatria, na Université Libre de Bruxelles (ULB), na Bélgica, concluído em 1971.

De 1971 a 1981, foi professor adjunto de pediatria da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto –SP. Organizou o serviço de pediatria do Hospital de Base daquela instituição, foi chefe do Departamento de Pediatria da Faculdade e chefe do serviço de pediatria do Hospital de Base. Desenvolveu contínuas atividades de ensino, pesquisa e extensão irradiadas para municípios vizinhos, tais como Neves Paulista, onde criou o Centro de Recuperação Nutricional, e Lins, onde participou, com os residentes de pediatria, internos e agentes de saúde de relevante projeto de Pediatria Social. Liderou o movimento que transformou a Fundação Regional de Ensino Superior da Araraquarense em Fundação Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto. Foi diretor da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto.

De 1982 a 1985, Dr. Dioclécio trabalhou como pediatra do Hospital Sarah Kubitschek, em Brasília. Foi coordenador da pediatria do hospital e instrutor da residência médica da instituição.

De 1985 a 87, foi coordenador nacional do Programa de Assistência Integral à Saúde da Criança (PAISC), do Ministério da Saúde. Em 1987, atuou como Diretor do Centro de Desenvolvimento de Recursos Humanos para a Saúde do DF. Ao final de 1987, ingressou, por concurso, no quadro docente da Universidade de Brasília (UnB) como professor adjunto da Faculdade de Medicina, na Área (Departamento) de Medicina da Criança e do Adolescente. Chefiou, desde então, o Centro de Clínicas Pediátricas do Hospital Universitário de Brasília. Em 1996, tornou-se professor titular de Pediatria da UnB. Sempre esteve à frente do programa de residência médica do Hospital Universitário de Brasília, e foi professor orientador dos cursos de pós-graduação em Ciências da Saúde e em Ciências Médicas da UnB. Foi membro da Comissão de Ética Médica do Hospital Universitário e do Conselho Universitário da UnB (CONSUNI).

Em 1990, Dr. Dioclécio voltou à Bélgica para fazer o doutorado em Pediatria na ULB. De volta ao Brasil, em 1992, no período de 1993 a 1994, foi Secretário Executivo do Ministério da Saúde. Entre 2011 e 2012, exerceu o cargo de secretário de governo na Secretaria da Criança do Distrito Federal.

Dr. Dioclécio é autor de vários artigos científicos e publicou alguns livros, como Crianças do mundo inteiro, uni-vos! (2012), Até quando? (2008), Oito dedos de prosa – os contos que a vida conta (2012), Saúde: crise e hipocrisia (1994). Liderou a iniciativa da SBP destinada à produção doTratado de Pediatria (2006 e 2009) e da série Filhos – da gravidez aos 2 anos de idade (2009),Filhos – de 2 a 10 anos de idade (2011), Filhos – Adolescentes – de 10 a 20 anos (2011). É colaborador regular da Coluna Opinião do Correio Braziliense, publicando artigos sobre temas diversos, com destaque na defesa da infância e da adolescência.

Como presidente da SBP, elaborou o anteprojeto de lei para ampliação da licença-maternidade para seis meses e o entregou à senadora Patrícia Saboya, que conseguiu sua aprovação no Congresso Nacional em 2008. Em 27 de julho de 2005, Dia do Pediatra, foi realizado um ato público no Rio de Janeiro para o lançamento da campanha “Licença-maternidade. Seis meses é melhor!”. Dr. Dioclécio elaborou outros projetos com a senadora Patrícia Saboya, em tramitação no Congresso Nacional: a criação do Programa Nacional de Educação Infantil para a Expansão de Rede Física – Pronei (pela ampliação da rede de creches e pré-escolas para a população de baixa renda); o Ensino Fundamental em tempo integral em todas as escolas públicas; e dois outros, já aprovados pelo Senado, criam a consulta de puericultura nos planos de saúde e no SUS, respectivamente.

Atualmente, Dr. Dioclécio representa a SBP no Global Pediatric Education Consortium (GPEC) – aliança formada por 20 instituições nacionais e regionais que representam mais de 50 países, como China, Japão, Estados Unidos, Alemanha, entre outros – e foi eleito para a Diretoria Executiva do Consórcio. É também o atual secretário-executivo do Fórum das Sociedades de Pediatria do Cone Sul (FOSPECS).

Ao longo de sua carreira, tem recebido diversas honrarias e premiações, como a Medalha do Mérito de Santos Dumont (1994), do Governo de Minas Gerais, o Prêmio Saúde Brasil (2009), da Associação Médica de Brasília, e a Medalha Mérito Segurança Pública do Distrito Federal (2012), oferecido pela Secretaria de Estado de Segurança do Governo do Distrito Federal. Pesquisador Parceiro da Imprensa – (Edições 2010 e 2014), Diploma de Honra ao Mérito por relevantes serviços prestados à comunidade, conferido pela Câmara Municipal de Uberaba (2010), Professor Emérito da UnB (2012).