carregando...

Eduardo Imbassahy (1953): pediatra clínico de Niterói

Eduardo Imbassahy nasceu no Rio de Janeiro em 1896 e se formou em 1919 pela Faculdade Nacional Medicina, no Rio de Janeiro. Durante o curso, seu professor Leonel Gonzaga despertou-lhe o interesse pela Pediatria. Assim que se formou, foi aprovado em concurso público para o Departamento Nacional de Saúde Pública.

Estabeleceu-se profissionalmente em Niterói e lá foi considerado um precursor nos cuidados à criança. Transferiu seu vínculo federal para o Preventório Paula Cândido, instituição onde eram internados filhos de tuberculosos, para afastá-los do contágio. Na mesma época, trabalhou no Instituto de Proteção à Infância de Niterói (IPAIN), que atendia a população carente e sobrevivia de contribuições e donativos.

Além da clínica pública e filantrópica, instalou seu consultório particular em Niterói, onde atendeu gerações de pacientes. Ainda na cidade, foi membro fundador da Academia Fluminense de Pediatria, criada em 1974, que o homenageou como patrono da cadeira de número 14 de seu Conselho.

Imbassahy ministrou inúmeras palestras e conferências, além de participar de muitos congressos de Pediatria no Brasil e no exterior. Suas publicações revelam a preocupação com a Clínica Nefrológica e Pneumológica, além de enfermidades infecciosas que afetavam a infância, como meningite, varíola e doenças pulmonares. Eduardo Imbassahy foi presidente da Sociedade Brasileira de Pediatria em 1953 e faleceu em 1998, pouco antes de completar 103 anos.