carregando...

Martagão Gesteira (1938): referência nacional

Joaquim Martagão Gesteira nasceu em 1884, na cidade de Conceição de Almeida, no interior da Bahia. Em 1908, formou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina da Bahia.  Especializou-se em Bacteriologia e, desde então, teve grande destaque nas áreas de Gestão e na Educação em Saúde Infantil.

Em 1908, criou a Pupileria Juracy Magalhães, o Abrigo Maternal e o Lactário Júlia Carvalho, todos em Salvador. Em 1911, tornou-se Livre-Docente na Faculdade de Medicina da Bahia e, a partir de 1913, passou a dirigir a Cátedra de Clínica Pediátrica Médica na mesma faculdade. Em 1919, foi eleito membro honorário da Academia Nacional de Medicina.

Em 1923, participou da fundação da Liga Bahiana contra a Mortalidade Infantil. Em 1935, foi nomeado diretor do Departamento da Criança do Estado da Bahia e, ainda nos anos 30, fundou e presidiu a Sociedade Baiana de Pediatria. Lá, criou a primeira Revista de Pediatria do Brasil e o órgão oficial daquela Sociedade, Boletim da Sociedade de Pediatria, depois denominado Pediatria e Puericultura.

No fim dos anos 30, assumiu a cadeira de Puericultura e Clínica da Primeira Infância e a Direção do Instituto de Puericultura da Universidade do Rio de Janeiro. Em 1938, como presidente da Sociedade Brasileira de Pediatria, criou a primeira Jornada Brasileira de Pediatria e Puericultura, que se transformou no Congresso Brasileiro de Pediatria.

Em 1946, foi nomeado diretor do Departamento Nacional da Criança e, no início dos anos 50, tornou-se diretor do Instituto Internacional Americano de Proteção à Infância. No Rio de Janeiro, o Instituto de Puericultura e Pediatria da UFRJ leva seu nome.

Martagão Gesteira participou de inúmeros eventos científicos em cidades como Montevidéu, Paris, Washington, México, Zurique e Nova York. Sua extensa produção bibliográfica inclui os livrosPediatria lições e conferências, Como criar o meu filhinho e Manual de Puericultura.

Por seu grande destaque na Pediatria, a SBP o homenageou como patrono da cadeira 6 de seu Conselho Acadêmico.