carregando...

Elogiar demais as crianças pode gerar um duro golpe na autoestima

Saiu na imprensa 09/08/2016

folha-sp-equilibrio

Por Rachel Botelho – publicado em 02 de agosto de 2016.

Para o neuropediatra Rudimar Riesgo, da Sociedade Brasileira de Pediatria, a preocupação excessiva com a autoestima vem levando os pais, em geral, a negligenciar um aspecto essencial da educação: o preparo para lidar com a frustração. “Se a autoestima da criança for inflada de forma artificial, ela sucumbe logo adiante, geralmente quando observa outras crianças”, diz.

Riesgo ensina que o mais sensato é elogiar “a conta gotas”, em busca de um meio termo. “As crianças com muita autoestima têm dificuldade de lidar com as frustrações, assim como aquelas com pouca autoestima. Os pais devem elogiar quando possível, sem deixar de criticar quando for necessário.” 

Leia mais