carregando...

Mães precisam de apoio para amamentar, diz especialista

Saiu na imprensa 04/08/2016

Folha de Sao Paulo Maternar

 

 

 

Por Fabiana Futema – publicado em 02 de agosto de 2016.

Um dos maiores desafios das mulheres é manter a amamentação após retornar ao trabalho. A OMS (Organização Mundial da Saúde) recomenda que o bebê seja alimentado exclusivamente com leite materno até os seis meses. O problema é que as mulheres têm direito a apenas 120 dias de licença-maternidade.

 “Precisamos mudar nossa legislação. Ela concede 120 dias e a recomendação é de amamentação exclusiva por seis meses. É  quase uma incoerência. Fica muito difícil amamentar exclusivamente tendo de retornar ao trabalho”, afirma Elsa Giugliani, presidente do Departamento Científico de Aleitamento Materno da SBP (Sociedade Brasileira de Pediatria).

 Para a especialista, a legislação precisa ser melhorada para garantir que as mulheres tenham os 180 dias necessários para amamentar seus filhos exclusivamente com leite materno.

 Leia mais