carregando...

Monitoramento de pais nas redes sociais pode evitar pedofilia e bullying

Saiu na imprensa 19/08/2016

folha-sp-equilibrio

Publicado em 16 de agosto de 2016. 

(…) A neuropediatra Liubiana Araújo, presidente do departamento de desenvolvimento e comportamento da Sociedade Brasileira de Pediatria, lembra alguns riscos menos conhecidos. 

“A criança está construindo sua personalidade e, nas redes sociais, ela tenta se moldar de acordo com o que os outros esperam dela”, diz. “Sem falar que, ao ignorarem o limite mínimo de idade, os pais ensinam que as regras podem ser burladas.” 

Leia mais