carregando...

Pediatras emitem carta contra a redução de números de médicos

Saiu na imprensa 02/01/2017

Tribuna da Bahia

 

 

 

Publicado em 30 de dezembro de 2016.

As crianças e adolescentes estão entre aqueles que serão mais prejudicados pela mudança de parâmetros na formação de equipes médicas nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), conforme anúncio feito pelo Ministério da Saúde, na quinta-feira (29).

 Esse é o entendimento da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), que divulgou uma Carta Aberta aos Gestores do Sistema Único de Saúde (SUS), na qual pede que a decisão seja revista urgentemente. A SBP ainda afirma que apoiará todas as providências que venham a ser tomadas para assegurar o mínimo ao atendimento digno da população.

 Leia mais.