carregando...

Sob críticas, grupo popular é criado para estudar plano popular

Saiu na imprensa 10/08/2016

tribuna-norte

Publicado em 06 de agosto de 2016. 

O Ministro da Saúde, Ricardo Barros, instituiu ontem um grupo de trabalho para discutir o projeto de planos de saúde populares, chamado agora de “plano de saúde acessível”. O projeto, que teria menos atendimento de serviços obrigatórios, foi anunciado pelo ministro no início do mês passado e já recebeu críticas de especialistas em saúde pública e de órgãos de defesa do consumidor. 

(…) Já a Sociedade Brasileira de Pediatria informou por meio de nota que “ao criar o Grupo de Trabalho para discutir e elaborar o projeto, o Ministério da Saúde coloca em risco os princípios da universalidade, da integralidade e da equidade do SUS”. A SBP “entende que a autorização da venda de ‘planos populares’ beneficiará apenas as operadoras”. 

Leia mais