carregando...

Sociedade Brasileira de Pediatria aponta PSF como referência no país

Saiu na imprensa 26/04/2007

Município se antecipa à determinação do governo federal e põe pediatras nas equipes do PSF

psf_ref

Volta Redonda – O presidente da Sociedade Brasileira de Pediatra, Dioclécio Campos Júnior, conheceu ontem o Centro Integrado de Saúde, no Siderlândia, e a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) Neonatal, do Hospital São João Batista, acompanhado da secretária municipal de Saúde, Neuza Jordão. A visita teve como objetivo de apresentar o modelo de assistência à população, na modalidade do Programa Saúde da Família (PSF), que opera desde o final do ano passado com um pediatra na equipe.

A iniciativa do município é uma proposta apresentada pela Sociedade Brasileira de Pediatria, em julho de 2006, ao Presidente da República, Luis Inácio Lula da Silva, para integrar o programa em nível nacional. A secretaria de Saúde do município já desenvolve o projeto por conta própria, contando apenas com os recursos do governo municipal, antes mesmo de instituído pelo Ministério da Saúde. A integração de um pediatra ao PSF visa prestar atendimento especializado à criança, procedimento que hoje é feito no restante do país por um médico generalista.

- Estou encantado com o projeto, pioneiro e inovador, desenvolvido pelo município. A secretaria de Saúde de Volta Redonda possui uma equipe que pensa de forma universal na qualidade da saúde para todos. A iniciativa vai reforçar a nossa reivindicação, além de fazer da cidade uma referência para os demais municípios – disse Dioclécio Campos.

ESTRUTURA - De acordo com Neuza Jordão, a cidade está amparada por 49 equipes do PSF, divididas em 26 unidades de saúde, sendo 13 destas com a presença do pediatra. “O objetivo é atingir a todo o sistema de saúde. Nossas ações, respaldadas pela Sociedade Brasileira de Pediatra, demonstram que mais uma vez estamos cumprindo com o nosso papel”.