carregando...

Campinas recebe Congresso Brasileiro de Ensino e Pesquisa

SBP em Ação 26/11/2014

14 congresso ensino e pesquisa 2014

Residentes e Ligas terão encontro. ABP realiza Fórum

“Os conhecimentos atuais e os cuidados para os primeiros 1.000 dias de vida”, a serem abordados pelo professor Fernando José de Nóbrega, estão entre os importantes temas que serão discutidos, de 10 a 12 de dezembro, em Campinas (SP), no 14º Congresso Brasileiro de Ensino e Pesquisa, 9º Congresso Brasileiro de Pesquisa em Saúde da Criança e Adolescente, 2º Congresso Brasileiro de Residentes de Pediatria, 2º Encontro Nacional de Ligas de Pediatria e 14º Fórum da Academia Brasileira de Pediatria Prof. Izrail Cat. A presidente do evento, Sandra Grisi, explica que são três eixos – o primeiro, dedicado ao ensino na graduação, com destaque para a troca de experiências entre as ligas de pediatria e puericultura; o segundo, com a apresentação do novo Programa de Residência Médica em Pediatria, que deverá ser “o centro do debate”; e o terceiro, sobre a pesquisa, enfatizando as repercussões do crescimento nas doenças crônicas do adulto, bem como nas questões relacionadas à saúde mental.

A nova formação pediátrica foi aprovada pela Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM) em 2013 e conta, atualmente, com 11 serviços habilitados para sua execução. “Os cinco primeiros, que já adotaram o novo currículo em 2014, vão apresentar a sua experiência no Congresso”, informa a dra. Sandra. Os seis demais abriram seus editais para 2015. “A implantação da residência de três anos é uma reivindicação da Sociedade de quase 10 anos, que trará mais qualidade para o atendimento da criança e em muito valorizará a profissão”, salienta o dr. Eduardo Vaz. O conteúdo está “essencialmente baseado na lógica do currículo elaborado pelo Global Pediatric Education Consortium (GPEC), que é a aliança mundial em educação pediátrica”, frisa o representante da Sociedade no Consórcio, Dioclécio Campos Jr.

Como e porque amamentarNo dia 11, a primeira conferência, sobre “Desenvolvimento da criança: os efeitos em longo prazo das adversidades e do estresse tóxico”, está a cargo do presidente da Academia Brasileira de Pediatria (ABP), José Martins Filho. O professor também relançará seu livro “Como e porque amamentar” – revisado e ampliado, “agora com a participação de muitos colegas que também labutam pela promoção do aleitamento materno”, diz, se referindo à co-autora Simone de Carvalho, à Yonéia Martins (ilustrações) e convidados.

Temas como “os principais problemas respiratórios na infância”, bem como os “gastrointestinais” e os de “neonatologia” serão discutidos por professores e residentes, a partir de casos clínicos. “A apresentação será feita de tal forma que toda a audiência possa visualizar bem os sinais, sintomas e, junto com o debatedor, fazer o caminho do raciocínio clínico, da fundamentação fisiopatológica, do tratamento, de uma maneira interativa”, adianta a dra. Sandra.

Também haverá uma sessão para discutir o “ensino de pediatria; incorporação de tecnologia”. Tradicionalmente, lembra a presidente do evento, o estudo é baseado em aulas, livros e na experiência clínica dos hospitais, ambulatórios, unidades básicas de saúde. “Hoje os alunos têm também uma outra forma interativa de aprendizado, como estudos clínicos online, em que passo a passo vão resolvendo casos, apresentando resultados, é um ensino mediado pela tecnologia”, assinala, convidando a todos. O congresso é organizado pela SBP e pela Sociedade de Pediatria de São Paulo (SPSP). Acesse: http://www.ensinoepesquisa.com.br/ e saiba mais!