carregando...

Fórum de Pediatria alerta sobre saneamento, arboviroses e o futuro de crianças com microcefalia

SBP em Ação 15/03/2017

forum-capa

Realizado pela Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) e apoiado pela Sociedade Baiana de Pediatria (Sobape), Salvador recebe nesta quinta e sexta-feira (16 e 17), o 19º Fórum da Academia Brasileira de Pediatria (ABP), evento gratuito que reunirá estudantes e profissionais de diversas especialidades do país inteiro envolvidos nos cuidados com a criança e o adolescente. 

O tema “As transformações da família e da sociedade e seu impacto na infância e juventude” traz abordagens de demandas atuais e de interesse social, como reflexões sobre a vida e morte de adolescentes (suicídio, drogas, álcool), crianças desaparecidas, doenças raras, contraceptivos, doenças sexualmente transmissíveis, pedofilia, cuidados paliativos, entre outros.

Uma mesa redonda, às 10h, na quinta-feira (16), tratará de questões fundamentais sobre saneamento no Brasil e sua influência nas Arboviroses – especialmente no combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya, zika e da febre amarela urbana -, além de promover um debate sobre o futuro das crianças com microcefalia.

O 19º Fórum de Pediatria terá a presença da renomada escritora e historiadora Mary del Priore, que traçará um panorama histórico das condições de vida de crianças e adolescentes desde o período colonial até os dias atuais. 

Também participará dos debates científicos o especialista Nelson Pretto, professor titular da Faculdade de Educação da Universidade Federal da Bahia (Ufba), cujos trabalhos abordam o impacto das novas mídias no processo de aprendizagem e na lógica de formação educacional. 

CRIANÇAS DESAPARECIDAS – Outro tema que acontecerá nesta quinta-feira, 16, será a mesa-redonda “Criança desaparecida”, coordenada pelo dr. José Dias Rego, com o palestrante Antônio Neri (BA). O tema é relevante par a sociedade civil, uma vez que, em média, 250 mil pessoas desaparecem por ano no Brasil, sendo 40 mil menores de 18 anos, segundo dados do Ministério da Justiça. Em Salvador, até o dia 17 de fevereiro, o número de desaparecidos registrados pela Delegacia de Proteção à Pessoa (DPP) chegou a 114 pessoas, das quais 21 são adolescentes.

Fuga do lar, conflito familiar e doença mental são os três principais motivos dos desaparecimentos, segundo levantamento da DPP. No caso de crianças e adolescentes, a Delegacia aponta que a causa mais comum é conflito familiar por não aceitação de religião ou namoro. 

A programação completa ​pode ser conferida ​em http://www.forumabp.com.br/

HOMENAGEM – O 19º Fórum da ABP vai prestar uma homenagem póstuma ao pediatra e primeiro presidente da Sobape, professor Nelson Barros, que morreu em março de 2015.​