carregando...

Próxima reunião dos editores de revistas pediátricas do Cone Sul será durante o 38º Congresso da SBP, em Fortaleza

SBP em Ação 08/11/2016

reuniao-editores

O Brasil foi escolhido para sediar a 22ª Reunião de Editores de Revistas Pediátricas das Sociedades Pediátricas do Cone Sul. O encontro deverá ocorrer durante o 38º Congresso Brasileiro de Pediatria, a ser realizado na cidade de Fortaleza, Ceará, em outubro de 2017. O anúncio foi feito no encerramento da 21ª reunião, realizada em Assunção, Paraguai, na primeira semana desse mês.

A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) foi a anfitriã dessa atividade em 1996, no Rio de Janeiro (RJ); em 2003, em Gramado (RS), durante o Curso Nestlé; e em 2009, em Brasília (DF), consolidando uma tradição de sediar as reuniões de editores nos congressos nacionais das sociedades. De acordo com a dra Rosanna Fonseca, uma das representantes do Brasil na Reunião, esse intercâmbio entre as seis sociedades de pediatria dos países da região já data desde a década de 1990, sendo que os 21 encontros realizados a partir de 1996, obedeceram a um sistema de rodízio de locais.

Participaram do encontro, representantes da Argentina, Bolívia, Chile, Paraguai e Uruguai, além dos brasileiros.  “Os seis países, que integram este grupo, têm muito em comum, muito que aprender e trocar. Efetivamente, efetivamente temos tido sucesso na proposta de integração e promoção dos ideais de melhora da produção científica de todos os pediatras do Cone Sul e do reconhecimento do somos capazes”, ressaltou o dr Danilo Blank (editor associado do Jornal de Pediatria), também representante do Brasil na 21ª Reunião, em seu relatório de trabalho.

Os editores aproveitaram a oportunidade para fazer a troca de informações sobre as publicações que coordenam, apontando as dificuldades e os desafios que se impõem no desenvolvimento dos projetos. As apresentações abordaram a situação das seguintes publicações: Archivos Argentinos de Pediatría; Revista de la Sociedad Boliviana de Pediatría; Jornal de Pediatria (Brasil); Revista Chilena de Pediatría; Revista Pediatría (Paraguai); e Archivos de Pediatría de Uruguay. Como convidado especial, houve a participação do dr Damián Vázquez, da Revista Panamericana de Salud Pública.

Ao fim da Reunião, eles selecionaram os 10 melhores artigos de 2015, publicados nos respectivos países, que deverão ser publicados, de forma compartilhada, por todas as revistas do grupo. A intenção é promover a integração e a difusão do conhecimento entre os pediatras dos seis países, além de valorizar as melhores práticas clínicas e de pesquisa. Nesta relação constam dois textos de pesquisadores brasileiros: Solé et al. Prevalência de asma e doenças alérgicas em adolescentes: estudo evolutivo de nove anos (2003 a 2012); e Torres et al. Ressurgimento da coqueluche na era vacinal: aspectos clínicos, epidemiológicos e moleculares.