carregando...

Dr. Eduardo Vaz assume a presidência da SBP

Arquivo 03/05/2010

AMB leva documento com código e porte da puericultura

Salientando a necessidade de que “cada criança tenha garantido o acesso ao acompanhamento qualificado de seu crescimento e desenvolvimento”, dr. Eduardo Vaz tomou posse sábado, dia 01 de maio, no Rio de Janeiro, na presidência da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP). Cumprimentando o presidente da Associação Médica Brasileira (AMB), dr. José Luiz Gomes do Amaral – que fez questão de levar à cerimônia cópia da ata da reunião da Câmara Técnica que aprovou a inclusão na Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos (CBHPM) do “Atendimento ambulatorial em puericultura”, com código 1.01.06-14-6 e porte 3B –, o dirigente foi enfático: “trata-se de um direito de todos os pacientes pediátricos, não apenas na Saúde Suplementar!”. Dr. Eduardo também registrou a luta constante da SBP por uma mudança em todo o sistema: “Não faltam pediatras no Brasil, o que existe é uma lógica perversa de remuneração profissional”, que precisamos mudar também no SUS.

Destacando a relação da vitória na CBHPM com a mobilização nacional da pediatria, o novo presidente agradeceu aos  presentes, à família, aos demais componentes da mesa – os drs. Fernando Nóbrega, presidente da Academia Brasileira de Pediatria (ABP); Adson França, assessor especial e na solenidade representando o ministro da Saúde, José Gomes Temporão; Roberto Luiz d’Ávila, presidente do Conselho Federal de Medicina (CFM); Luiz Fernando Soares Moraes, presidente do Conselho Regional do Rio de Janeiro (Cremerj); Carlindo Machado e Silva Filho, presidente da Associação de Medicina do Estado (Somerj) e Serena Aboutboul, diretora de Nutrição Infantil da Nestlé Nutrition; além do presidente da AMB – e, especialmente, ao presidente que encerrava seu mandato, dr. Dioclécio Campos Jr., por sua extraordinária atuação e pela confiança. Por fim, dirigindo-se aos 260 presentes, assinalou, com firmeza: “com a colaboração de cada um de vocês da diretoria, do Conselho Superior, de cada filiada, da ABP, dos Departamentos Científicos e Grupos de Trabalho, dos funcionários da entidade, estou certo de que vamos responder aos nossos desafios!”.

Gestão compartilhada e conquistas

Em seu pronunciamento, dr. Dioclécio se referiu a uma “série de conspirações” favoráveis que marcaram os seis anos que esteve  à frente da SBP, desde o nascimento de suas duas netas, uma em cada mandato, até o “protagonismo de Eduardo Vaz, que com suas muitas virtudes e  dedicação permanente à entidade” seguramente “saberá dar continuidade e ampliar os avanços e conquistas coletivas obtidas até aqui”. Ressaltou também a “gestão compartilhada que gerou oportunidades para o surgimento de novas lideranças e talentos que garantirão a renovação do movimento associativo da pediatria brasileira, no ano do centenário da Sociedade”.

Na mesma linha, dr. Fernando Nóbrega se disse muito feliz, ao transmitir a mensagem da Academia, de reconhecimento ao trabalho do dr. Dioclécio, que “trouxe esperança a todos nós”, e ao saudar o dr. Eduardo, “que vem tendo papel importante na Sociedade, desejando-lhe “sucesso e felicidades a todos os pediatras”.

Em seu pronunciamento, o dr. Adson França destacou as parcerias que vêm sendo desenvolvidas entre a SBP e o Ministério da Saúde (MS), e as “reflexões” levadas pela entidade dos pediatras a todos os médicos, gestores, à sociedade em geral, que permitiram “conquistas importantes como a lei da licença-maternidade de seis meses, idealizada pela SBP, o aumento da remuneração em sala de parto, e a recomendação expressa do MS para a inclusão da pediatria em cada um dos Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF) nos municípios do Nordeste e da Amazônia Legal”.

Conduzida com elegância pela dra. Sheila Tavares, diretora da SBP incumbida do papel de mestre-da-cerimônia, a solenidade também contou com a emoção das homenagens – a primeira feita pela dra. Luciana Silva e pelo dr. Dennis Burns ao dr. Dioclécio, em texto lido por seu filho, Igor Campos. Em seguida, em nome da diretoria da Sociedade, as dras. Marilene Crispino e Márcia Galvão entregaram flores às sras. Eda Campos e Beatriz da Silva Vaz.

Presenças

Participaram também da festa da pediatria, os drs. Pietro Novellino, presidente da Academia Nacional de Medicina; Elsa Giugliani, Coordenadora da Área Técnica de Saúde da Criança e Aleitamento Materno no Ministério da Saúde; Isabel Rey Madeira, diretora da Sociedade de Pediatria do Estado do Rio de Janeiro (Soperj), que representou o presidente Edson Liberal; José Carlos de Souza Abrahão, presidente Confederação Nacional de Saúde (CNS) e da Federação Internacional de Hospitais; Jorge Darze, presidente do Sindicato dos Médicos do Estado do Rio de Janeiro; Aloísio Tibiriçá Miranda, 2 º vice-presidente do CFM; José Fernando Maia Vinagre, Corregedor do CFM; Luc Louis Weckx, secretário da AMB; Alcir Vicente Visela Chácar, presidente da Academia Fluminense Pediatria; o deputado Mário Marques, presidente da Comissão de Assuntos da Criança, Adolescente e do Idoso da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro; a sra. Marília Barbosa, presidente do Conselho Deliberativo da União Nacional das Instituições de Autogestão (UNIDAS); Gilnei Rodrigues, presidente da Aguilla Saúde Brasil e integrante do Conselho Curador da Fundação Sociedade Brasileira de Pediatria; Fernando da Silva Moreira, secretário-geral da Associação  Médica do Estado do Rio de Janeiro (Somerj);  Ellen Peres, presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente do Rio de Janeiro (CEDCA) e da Fundação para a Infância e Adolescência (Fia); Hélio Queiroz Filho e Marcos Ângelus Jannuzi representando a Diretoria Executiva da Associação de Medicina Intensiva Brasileira (AMIB); Claudio Abuassi, representando diretoria de Saúde do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro; Severino Dantas, do Conselho Regional de Medicina do Espírito Santo;  Antonio Couto, representando a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB); Cleber Vargas, vice-presidente da Sociedade de Medicina e Cirurgia do Rio de Janeiro e  Sergio Cabral, ex-presidente da SBP e presidente eleito da Associação Internacional de Pediatria (IPA). Leia mais, em breve, no SBP Notícias impresso e assista a seguir o vídeo com depoimento do dr. Eduardo Vaz.