carregando...

Hoje é Dia Nacional de Luta contra Queimadura

Arquivo 06/06/2014

 Hoje, 06 de junho, é o Dia Nacional de Luta Contra Queimaduras e o Departamento Científico de Segurança da Criança e do Adolescente da SBP solicita aos pediatras a divulgação das medidas preventivas contra queimaduras, bem como dos primeiros cuidados no local do acidente, disponíveis no site www.conversandocomopediatra.com.br e no livro Crianças e Adolescentes em Segurança (SBP / Editora Manole, 2013).

Outra medida sugerida pela ONG Criança Segura e pela Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Proteste), com o apoio da SBP, é a participação de todos na mobilização contra as queimaduras causadas por álcool, através do Twitter, hoje, das 12 às 14h00.

A importância das queimaduras em crianças:

– As queimaduras estão entre as principais causas de acidentes fatais domiciliares na faixa etária de 1 a 9 anos;

– Enquanto as injúrias por chama são responsáveis pela maioria das mortes por queimadura, as escaldaduras, as queimaduras de contato e as elétricas resultam frequentemente em sequelas estéticas e funcionais graves associadas a danos psicológicos, sociais e econômicos;

– O álcool líquido, altamente inflamável, é responsável pela maioria dos acidentes graves, pois provoca lesões extensas e profundas;

– As internações são em geral prolongadas e dispendiosas. Os banhos e curativos diários são muito dolorosos, causando enorme sofrimento físico e psicológico;

– As queimaduras são acompanhadas de altas taxas de infecção e mortalidade.

– Os sobreviventes apresentam sequelas, deformidades e limitações de movimentos. O tratamento ambulatorial pode durar anos em virtude da necessidade de cirurgias reparadoras e reabilitação.

 

Histórico:

À proibição da comercialização do álcool líquido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), em 2002, seguiu-se uma queda acentuada das queimaduras causadas por este produto.

– Associação Brasileira dos Envasadores de Álcool (ABRASPEA) conseguiu liminar do Tribunal Regional Federal da 1ª Região em Brasília e o produto voltou a ser comercializado.

– Em outubro de 2004 a Sociedade Mineira de Pediatria lançou um a Campanha Contra a Comercialização do Álcool no município e os 65 estabelecimentos que aderiram à Campanha receberam o certificado de “Supermercado Amigo da Criança”.

 

Prevenção:

– Queimaduras deixam marcas para sempre, mas podem e devem ser prevenidas.

– A prevenção é a única medida realmente eficaz para se evitar o sofrimento, as complicações e as mortes causadas pelas queimaduras.

 

A prevenção se dá em três níveis principais:

– Tecnológica, modificando o ambiente e os produtos causais

– Legislativa, garantindo as medidas propostas como o Projeto de Lei (PL) 692/2007.

– Educacional, visando conscientização e mudanças de comportamento.

Sugestões de posts para o Twitaço 

1. Participe e compartilhe os posts contra o álcool como produto de limpeza Dia 6 de junho é Dia de Luta Contra Queimaduras. #SemAlcoolSemQueimaduras
2. Álcool comprado nos mercados não possui função de limpeza Previna queimaduras! #SemAlcoolSemQueimaduras
3. Queimadura com álcool mata e deixa graves sequelas. Apoie o PL 692/2007 #SemAlcoolSemQueimaduras
4. Queimadura com álcool mata e deixa graves sequelas. Tratamento é muito doloroso Apoie o PL 692/2007 #SemAlcoolSemQueimaduras
5. São gastos milhões para atender as vítimas de queimaduras por álcool. Apoie o PL 692/2007 #SemAlcoolSemQueimaduras
6. Álcool p limpeza é problema cultural Só o Brasil utiliza e tem tantas queimaduras Apoie o PL 692/2007. #SemAlcoolSemQueimaduras
7. Proibição do álcool como produto de limpeza e acendedor causa redução das queimaduras e protege as crianças. Apoie o PL 692/2007.#SemAlcoolSemQueimaduras
8. Não deixe que o álcool faça mais vítimas. Apoie o PL 692/2007.#SemAlcoolSemQueimaduras
9. Vamos diminuir a triste estatística de queimaduras por álcool no Brasil. Apoie o PL 692/2007. #SemAlcoolSemQueimaduras
10. Álcool não é eficiente no combate a bactérias e não limpa de verdade. Apoie o PL 692/2007. #SemAlcoolSemQueimaduras
11. Álcool: grande vilão nos casos de queimaduras em crianças. Apoie o PL 692/2007. #SemAlcoolSemQueimaduras

Lista de cuidados para prevenir queimaduras:

Evitar a exposição da criança ao risco tornando o ambiente seguro.

– A cozinha é o local de maior ocorrência de queimaduras. Manter as crianças longe da cozinha e do fogão durante o preparo das refeições. Coloque barreira física.

– Utilizar as bocas de trás do fogão e os cabos das panelas voltados para dentro.

– Não utilizar panelas amassadas ou com alças que possam se soltar.

– Testar a temperatura da mamadeira antes de oferecê-la.

– Cuidado ao manusear líquidos quentes. .

– Deixar travessas longe das bordas de balcões, pias e mesas e evitar o uso de toalhas de mesa que possam ser puxadas pelas crianças.

– Cuidado ao preparar o banho: colocar primeiro a água fria. Testar a temperatura com o cotovelo antes de colocar a criança no banho. Não deixar a criança maior preparar sozinha o banho na banheira ou regular a temperatura do chuveiro.

– Álcool e outros produtos inflamáveis (querosene, gasolina, óleo diesel, tíner) não devem ser mantidos em casa. Estes produtos se inflamam, facilmente, na presença de chama ou faísca.

– Não jogar álcool sobre chamas e brasas para acender a churrasqueira, fogueira e fogão a lenha.

– O frasco de álcool, próximo a uma fonte de calor (fogo, brasa, faísca), pode explodir e provocar queimaduras graves e fatais.

– Evite queimar o lixo.

– Lareiras, lampiões, lamparinas e velas devem ser usados em ambientes com ventilação e sempre apagá-los antes de se deitar ou de sair.

– Manter lampiões e botijão de gás ao abrigo do sol.

– Nunca fazer “gambiarras” e “gatos” com fios elétricos. Substituir os fios desencapados.

– Manter ferro de passar e aparelhos elétricos longe das crianças.

– Proteja as tomadas elétricas com tampões apropriados.

– Ensine a criança a não brincar com pipas próximo à rede elétrica, principalmente com pipas.

– Não permita que as crianças brinquem perto de fogueiras, nem soltem balões ou fogos de artifícios.

– Pilhas e baterias de aparelhos eletrônicos devem ser desprezadas em local seguro.

– Evitar brinquedos com elementos de aquecimento, baterias, tomadas elétricas para crianças menores de 8 anos

– Na suspeita de vazamento de gás abra as janelas para arejar o cômodo, e não acenda fósforos, nem ligue interruptores de luz até que o problema seja resolvido.

– Não coloque frascos de aerossol no fogo, pois podem explodir e causar queimaduras importantes.

 

Departamento Científico de Segurança da Criança e do Adolescente da SBP