carregando...

Homenagem à pediatria no Congresso Nacional

Arquivo 31/10/2011

Ao abrir a sessão, o deputado Arlindo Chinaglia lembrou a campanha da SBP pela ampliação da licença-maternidade para seis meses, da qual teve a oportunidade de participar e, assim como os colegas, assinalou o papel essencial da medicina de crianças e adolescentes. Osmar Terra se referiu à sua experiência no Rio Grande do Sul, e afirmou estar cada vez mais identificado com as causas da pediatria e particularmente da Primeira Infância, ressaltando a importância dos cuidados nessa fase para o desenvolvimento do cérebro. Destacou o papel da SBP e da Secretaria da Criança do Distrito Federal, pioneira no País. O Secretário e ex-presidente da SBP, dr. Dioclécio Campos Jr., aproveitou para apoiar o projeto de lei 7672, em tramitação, sobre a educação sem castigos físicos e tratamento humilhante e, com palmas das crianças, lembrou a importância do afeto para a formação do futuro cidadão.

Participaram também na mesa dos trabalhos (foto ao lado), os drs. Vera Bezerra, presidente da Sociedade de Pediatria do Distrito Federal e Fernando José de Nóbrega, presidente da Academia Brasileira de Pediatria. Dentre os parlamentares que se manifestaram estavam deputados como Darcísio Perondi, João Ananias, Rubens Bueno e Eleuses Paiva – que reforçaram a importância da pediatria e do investimento na saúde, com o projeto que regulamenta a Emenda 29 (PLP 306/08), aprovado pela Câmara em setembro e que aguarda votação no Senado. No plenário, estavam diretores da SBP como os drs. Marilene Crispino, Dennis Burns, Sidnei Ferreira, Rachel Niskier; de filiadas, como Glória Lopes, presidente Sociedade Sergipana de Pediatria, Carlos Eduardo Nery Paes, vice-presidente da Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul e Ciro João Bertoli, que representou o dr. Clóvis Constantino, presidente da Sociedade de Pediatria de São Paulo; além de integrantes de instituições como o Grupo de Apoio à Criança e o Adolescente com Câncer e o Centro Comunitário de Ceilândia, e empresas parceiras como a Nestlé. Saiba mais:

– Programa Nacional de Educação Infantil (Pronei);
– Projeto de lei – puericultura no SUS;
– Projeto de lei – puericultura no sistema privado de saúde;
– Proposta para a residência em pediatria em três anos;
– Carta ao ministro da Saúde/ Posicionamento da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) frente ao Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica e à formação do pediatra;
– Carta ao reitor da Universidade Federal de Santa Catarina.


Pediatras e parlamentares, ao final do ato solene