carregando...

Homenagem às pediatras

Arquivo 07/03/2014
img 1 ano 2

Homenagem às pediatras

Colegas,

Às vésperas do 08 de março, data internacionalmente consagrada ao gênero feminino, é preciso reconhecer que ainda temos muitos desafios até alcançar a igualdade de direitos e oportunidades entre os sexos. Persistem tristes realidades, como a remuneração diferenciada para o mesmo trabalho e a violência praticada contra aquelas que têm menos força física. Segundo relatório do Fórum Econômico Mundial, o Brasil está em 62º lugar em ranking de desigualdade entre homens e mulheres realizado entre 136 países e que tem como indicadores o acesso à saúde, à educação, à participação econômica e política. Não basta reconhecer a importância da capacidade de gerar uma nova vida, é preciso valorizar, de fato, as responsáveis pela renovação da nossa espécie. Lutando pela licença-maternidade de seis meses, pudemos constatar o quanto a sociedade exige das mães, sem oferecer as contrapartidas que precisam e merecem. É fundamental que tenham tranquilidade para dar à luz, amamentar, colocar os filhos no colo. Disso dependemos todos. Na medicina como um todo e na pediatria em particular, as mulheres são a maioria e nos trazem ensinamentos constantes. É preciso aprender com sua enorme capacidade de cuidar do outro. Nossa homenagem às pediatras, com a certeza de que a sabedoria feminina terá, cada vez mais, sua vez e sua voz.

assinatura Dr Eduardo
Eduardo da Silva Vaz
Presidente da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP)