carregando...

Licença-maternidade de seis meses: vitórias em São Paulo e Porto Alegre

Arquivo 19/12/2007

Diretoria toma posse e anuncia Congresso no Rio Grande do Sul

“Vamos manter a pressão pública pela ampliação da licença-maternidade”, comentou o dr. José Paulo Vasconcellos Vasconcellos que, dia 18 de dezembro, tomou posse em Porto Alegre como presidente da SPRS, em solenidade da qual participou o vice-presidente da SBP, dr. Eduardo Vaz. “A valorização da pediatria será o foco do trabalho da diretoria. O intuito é aprofundar a discussão sobre a doutrina pediátrica”, disse, acrescentando que a educação continuada também será prioridade. “Vamos ampliar a interiorização do conhecimento, realizar mais cursos presenciais em todo o estado e fóruns de discussão que identifiquem os interesses e reivindicações dos associados”, assinalou, chamando a atenção para a importância de intensificar a comunicação entre a diretoria e as  seis regionais.

Entre as atividades previstas, destaca-se o Congresso Gaúcho de Atualização em Pediatria, marcado para o período de 5 a 7 de junho, em Porto Alegre. “Estamos criando este evento, que certamente veio para ficar. Na primeira edição, teremos temas sobre alergia, imunologia, reumatologia, gastroenterologia, pediatria ambulatorial e do adolescente, além de pneumologia, otorrinolaringologia e pediatria do desenvolvimento e comportamento”, adianta o presidente do evento, dr. Eduardo Jaeger.
“Queremos realizar o Congresso anualmente”, disse o novo presidente da SPRS. Integram também a diretoria executiva os drs. Carlos Eduardo Nery Paes, Marco Antonio Funchal, Rita de Cássia Silveira, Carlos Humberto Bianchi e Silva, Cristina Rimolo Simões, Eduardo Jaeger, Manoel Antonio Ribeiro. Clique aqui e conheça a diretoria completa. Acesse www.sprs.com.bre saiba mais.

Vitória em São Paulo

A Câmara Municipal de São Paulo aprovou nesta terça-feira, 18 de dezembro, o Projeto de Lei 371/07, de autoria do Vereador Roberto Tripoli (PV), que dispõe sobre a ampliação da licença maternidade para seis meses e da licença paternidade para quinze dias, para funcionárias e funcionários públicos do Município de São Paulo. Agora, o projeto segue para sanção do Prefeito Gilberto Kassab, para ser transformado em lei.

O projeto reforça a campanha “Licença-maternidade. Seis meses é melhor!”, desenvolvida em todo o Brasil pela SBP e pela senadora Patrícia Saboya e endossada pela OAB nacional. Em São Paulo, é liderada pela Sociedade de Pediatria do estado (SPSP). O Departamento de Aleitamento Materno da entidade, tendo à frente a presidente, dra. Valdenise Martins Tuma Calil, tem feito contato com lideranças políticas do estado.

O projeto do vereador Tripoli estende o beneficio da licença maternidade ampliada para as mães adotivas. “A convivência mais estreita entre as mães e seus bebês ajuda na formação de seres humanos mais equilibrados e sensíveis – exatamente o que o Planeta precisa. Agora, nossa luta é para que o prefeito Kassab também se sensibilize com o projeto e sancione a lei”, disse Tripoli.Veja a relação dos municípios e saiba mais.