carregando...

Mensagem do presidente da Sociedade Brasileira de Pediatria sobre o falecimento da Dra. Zilda Arns

Arquivo 13/01/2010

Colegas pediatras,

A fatalidade do destino retira do Brasil uma de suas figuras humanas mais atuantes na defesa da infância do País. Faleceu a Dra. Zilda Arns entre as vítimas do terremoto que arrasou o Haiti, justamente quando expandia sua atividade missionária comprometida com a nobre causa.
Dra. Zilda foi mulher exemplar, pediatra de destacada formação humanista, cujas idéias e convicções transformadoras soube colocar a serviço das criaturas marcadas pelas desigualdades sociais que não temos conseguido resolver. Fundou a Pastoral da Criança, entidade regada ao mais puro entusiasmo e ao mais coerente vigor, oriundos de ações competentes movidas pela fé luminosa e irradiante que brilhava em seu olhar.
A sociedade brasileira deve-lhe muito. Deve-lhe a ousadia de empunhar a bandeira da infância saudável como itinerário seguro para a evolução do nosso povo. Deve-lhe o empenho despojado em favor das vítimas infantis da negação de direitos fundamentais. Deve-lhe a mobilização nacional em torno de estratégias educativas e preventivas que contribuíram para reduzir a mortalidade infantil e projetar a qualidade de vida para as gerações em formação.

A Sociedade Brasileira de Pediatria manifesta seu profundo sentimento pela perda da Dra. Zilda Arns, notável integrante de nosso quadro associativo que tanto engrandeceu a pediatria nacional. Em nome dos pediatras brasileiros, transmito o abraço fraterno e solidário aos membros de sua família, num momento de tanta dor e sofridas emoções.

Dioclécio Campos Júnior

Presidente da Sociedade Brasileira de Pediatria