carregando...

Mobilização para mais doação de leite humano

Arquivo 27/09/2007

“Para você é leite, para a criança é vida. Doe leite, a vida agradece”. Com a frase, estampada em cartazes e folhetos distribuídos em todo o País, o Ministério da Saúde realiza, pelo quinto ano consecutivo, o Dia Nacional de Doação de Leite Humano01 de outubro. Na próxima segunda-feira, a Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano promoverá atividades de mobilização social, com objetivo de sensibilizar a população sobre a importância da doação. A estratégia tem se mostrado acertada e segundo o dr. João Aprígio, coordenador nacional da Rede, desde que foi instituída, em 2003, foi observado “um aumento expressivo do número de doadoras, cuja média anual saltou de 58 para 90 mil no País, permitindo que o volume de leite humano coletado passasse de 63 mil litros para cerca de 130 mil”.

Toda mulher saudável, com excesso de leite, e que não use medicamentos que impeçam a doação, pode procurar o banco de leite mais próximo da sua casa e fazer sua doação. Dra. Graciete Vieira, presidente do Departamento de Aleitamento Materno da SBP, lembra que o leite doado beneficiará principalmente recém-nascidos prematuros de baixo peso que, exatamente por terem nascido antes do tempo, não têm força para sugar. O leite também é destinado a crianças doentes, com problemas de imunidade ou intolerância alimentar.

Esse ano, a campanha será marcada pela inauguração de mais cinco novas unidades de Bancos de Leite em Alagoas, Maranhão, Piauí, Tocantins e Amazonas. Ao todo, são hoje 185 BLHs e 17 postos de coleta no Brasil. Na solenidade, dia 01, em Brasília, o Ministério da Saúde premiará, com a entrega de placas, as Corporações de Bombeiros Militares do Estado do Rio de Janeiro e do Distrito Federal, pelo trabalho que vêm realizando na coleta de leite humano. Também serão homenageados o Rotary Club de Taguatinga (DF), pelo apoio ao BLH, a mulher que mais doou leite em 2007, o município com o maior volume de coleta, o pediatra Antônio Márcia Lisboa, por implantar o primeiro Banco de Leite do Distrito Federal, e Vanessa Macedo Motta, doadora que cedeu sua imagem, amamentando seu filho Miguel, para a campanha. Outra novidade é a implantação de um portal completo, com todas as informações da Rede. Acesse owww.redeblh.fiocruz.br e saiba mais.

Veja o folheto da campanha.