carregando...

O Ciclo 11 do PRORN e as rotinas nas unidades neonatais

Arquivo 20/02/2014

Os temas “Distúrbios da diferenciação do sexo” e “Diálise peritoneal no recém-nascido” são os destaques do Ciclo 11 do Programa de Atualização em Neonatologia (PRORN). Sistematizadas, as informações sobre o diagnóstico e sobre as condutas a serem adotadas podem ser referência para a elaboração de rotinas nas unidades neonatais. O programa é desenvolvido pela SBP, em parceria com a Artmed/Panamericana Editora, por meio do Sistema de Educação Médica Continuada à Distância (SEMCAD®), que acaba de completar 10 anos de atuação regular. Os organizadores do PRORN são os drs. Renato S. Procianoy e Cléa R. Leone.

Dr. Cléa destaca também o artigo “Sulfato de magnésio antenatal: certezas e dúvidas” que, por  tratar de um assunto bastante discutido na literatura, traz uma revisão crítica, indicando os efeitos de fato comprovados e as dúvidas que restam. Reforça ainda os temas “Triagem neonatal metabólica” e “Peculiaridades do seguimento de recém-nascido com Displasia Broncopulmonar”, com atualizações importantes.

A SBP outorgará certificado equivalente a 120 horas-aula aos aprovados na avaliação final do Ciclo, que conta pontos para a atualização profissional (CNA/AMB).

Como funciona

O PRORN é organizado por ciclos, que correspondem a 12 meses, e o ingresso pode ser feito a qualquer momento do programa. Ao todo, são quatro volumes, que reúnem artigos, atividades e situações clínicas, enviados a partir da data da inscrição.

O participante tem acesso ao portal virtual do SEMCAD®, que agora está mais completo. O ambiente foi reformulado para melhor atender às necessidades dos inscritos, reunindo alguns recursos do “MedicinaNet” – o maior portal de conteúdo médico do Brasil. No “Tomada de Decisão by MedicinaNet” são disponibilizados artigos comentados, palestras e casos clínicos em vídeo, imagens em medicina, calculadoras médicas, entre outros. Além da ampliação de conteúdo, o espaço conta com novolayout, para garantir maior funcionalidade, e acesso por meio de vários dispositivos móveis.

O SEMCAD® foi lançado em 2003, tendo como diferencial a parceria com sociedades científicas. Ao final de 2013, contabilizou 35 programas de atualização, com 22 entidades médicas e da área de saúde. Ao longo desses 10 anos, textos de cerca de sete mil autores foram publicados, alcançando mais de 350 mil inscrições em todo Brasil. Acompanhe nas mídias sociais:  www.facebook.com.br/semcad ewww.twitter.com/semcad. Para mais informações, os contatos são:www.semcad.com.br /  info@semcad.com.br / (51) 3025-2550