carregando...

Odontopediatria lança manifesto pela amamentação

Arquivo 03/09/2014
odontopediatria 2014
Dr. Luiz Anderson (primeiro à esq.), com lideranças da Odontopediatria. (foto: Heloída Ballarini)

Durante o evento, foi lançado o livro “A História da Odontopediatria no Brasil”, de autoria do professor Antonio Carlos Guedes-Filho, sobre a atuação dos fundadores da especialidade até os dias de hoje. “A SBP e a Associação Brasileira de Odontopediatria (ABO) têm buscado uma aproximação, que considero muito importante e que se concretizou no Congresso, organizado pelos professores Antonio Carlos Guedes-Pinto (presidente), Sylvia Lavínia Ferreira (vice-presidente), Francisco Hernandez (presidente da Associação Latino-americana de Odontopediatria/ALOP), Paulo César B. Rédua (presidente da Associação Brasileira de Odontopediatria/ ABO) e Marcelo Bönecker (presidente da Associação Paulista de Odontopediatria/APO)”, assinala o dr. Luiz Anderson.

O aleitamento materno traz muitos benefícios à saúde bucal da criança. Dentre outras vantagens, “o esforço realizado para sugar o leite da mãe estimula o bom desenvolvimento da estrutura óssea do bebê e dos músculos da face”. A amamentação também reduz o risco da aquisição de hábitos nocivos como chupar o dedo ou a chupeta, além de diminuir a probabilidade do desenvolvimento de cáries, mais comum naqueles que tomam mamadeiras.  As informações integram o “Manifesto em apoio ao aleitamento materno”, assinado por entidades de Odontopediatria – latino-americana, brasileira e paulista -, pelos Conselhos Regionais de Odontologia de São Paulo (CROSP) e da Bahia, pela Associação Brasileira de Odontologia/ Secção-Bahia e pela Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP).  O texto é resultado do 17º Congresso Latino-Americano e 6º Congresso Paulista de Odontopediatria (APO), que reuniu 1.200 profissionais, em agosto, em São Paulo. A SBP foi representada pelo dr. Luiz Anderson Lopes.

Leia aqui o Manifesto.